Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Golo de Bojan disfarça intranquilidade catalã

Bojan Krkic colocou ontem Barcelona a um passo das meias-finais da Liga dos Campeões, ao apontar único golo da vitória dos catalães no terreno do Schalke, em jogo da primeira-mão dos quartos-de-final.
2 de Abril de 2008 às 00:30
Milito tenta desarmar Sánchez
Milito tenta desarmar Sánchez FOTO: Ina Fassbender/Reuters

O avançado espanhol, de 17 anos, concluiu (12’) com um toque de pé direito uma jogada desenhada a régua e esquadro. A bola passou por quase todos os jogadores blaugrana e a chave foi um passe a rasgar de Iniesta para o supersónico Henry que rematou para defesa Neuer – o carrasco do FCPorto nos oitavos-de-final – e na recarga serviu Bojan.

Um início prometedor que foi ficando ofuscado com o passar dos minutos. Ao poder de circulação de bola, os espanhóis não conseguiram juntar arte para aumentar a vantagem e os alemães começaram a subir de produção, pondo em sobressalto a baliza de Valdés.

Os sinais de intranquilidade do Barcelona (sem Deco e Ronaldinho) ganharam dimensão no segundo tempo. Enquanto os alemães corriam atrás do prejuízo, a turma catalã ia aliviando a pressão através do individualismo de algumas das suas estrelas. Xavi e Iniesta responderam bem à missão de segurar o meio-campo mas sempre com sofrimento.

Asamoah, Krstajic, Altintop e Sánchez tiveram em comum o desacerto com a baliza adversária, deixando em desespero os adeptos alemães no Arena AufShalke.

Valeu a eficácia do Barcelona, que recebe a formação germânica no Camp Nou, no próximo dia 9.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)