Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Golo de Lima atenua despedida da Europa

O Sporting de Braga venceu na Turquia com um golo de Lima, mas não conseguiu inverter o triunfo (2-0) que o Besiktas conquistou na primeira-mão dos 16-avos-de-final da Liga Europa. Depois de ter conquistado o segundo lugar na prova, na época passada, os minhotos falham, assim, o apuramento para os oitavos-de-final, tal como aconteceu em 2007/08, diante do Werder Bremen de Hugo Almeida, actual referência do ataque turco.
24 de Fevereiro de 2012 às 01:00
Lima festeja com Alan o golo apontado ao Besiktas, insuficiente para passar aos oitavos-de-final
Lima festeja com Alan o golo apontado ao Besiktas, insuficiente para passar aos oitavos-de-final FOTO: Tolga Bozoglu/Epa

Foi uma exibição de crença e esforço do conjunto treinado por Leonardo Jardim, que entrou por cima no jogo e assim se manteve até aos instantes finais. Lima marcou e deu corpo ao volume ofensivo dos minhotos, enquanto que os turcos, desconcentrados e abúlicos, só despertaram depois da primeira mexida de Carlos Carvalhal, que apostou numa equipa sem ponta-de-lança de raiz nos primeiros minutos.

O golo bracarense surgiu na fase em que o Besiktas se encontrava encostado aos seus domínios, apenas a defender. Uma leitura perfeita e um cruzamento de Alan desmoronaram o sector recuado dos turcos, permitindo um desvio certeiro do ‘matador’ Lima, junto ao primeiro poste.

Momentos antes, Ruben Amorim tinha rematado com perigo, justificando a primeira presença no onze titular do treinador Leonardo Jardim.

Com a entrada do avançado português Hugo Almeida, ainda na primeira parte, os turcos passaram a subir mais no terreno e o médio Manuel Fernandes teve uma intervenção descarada, obrigando o guarda-redes Quim a uma defesa difícil. Nada que afectasse a gula da equipa bracarense, que voltou a surgir mais pressionante e ameaçadora do que o adversário, até porque os extremos Ricardo Quaresma e Simão Sabrosa tiveram uma actuação muito discreta na partida.

Assim, Lima falhou por pouco o segundo golo após o intervalo, Nuno Gomes, que entrou no segundo tempo, também falhou, e o mesmo aconteceu com o médio Hugo Viana, na cara do guarda--redes Cenk. O resto foi o público a incentivar a equipa da casa e a fazer uma festa com sabor amargo para os comandados de Leonardo Jardim.

"UMA VITÓRIA COM MÁGOA"

"Esta foi uma vitória com mágoa porque não nos permitiu passar à próxima eliminatória", disse o técnico Leonardo Jardim no final do jogo. Para o madeirense, a expulsão no primeiro jogo (Hélder Barbosa) contribuiu decisivamente para o afastamento na Liga Europa. "Agora queremos casa cheia, na segunda-feira, com o V. Guimarães", acrescentou.

Já Lima, autor do único golo da partida, disse que a equipa "fez um grande jogo". "Foi pena não continuarmos na prova. Honrámos a camisola", vincou.

DESILUSÃO BRAGA VITÓRIA BESIKTAS
Ver comentários