Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Golo de Linz volta a ser decisivo

O Braga venceu ontem o Marítimo por 2-1, num jogo muito disputado e com boas oportunidades para ambas as equipas.
3 de Dezembro de 2007 às 00:00
Wénio e João Pinto
Wénio e João Pinto FOTO: João Abreu Miranda, Lusa
Tal como na quinta-feira frente ao Bayern, o Braga sofreu o golo no primeiro minuto da segunda-parte. Só que ontem, a equipa da casa demorou menos tempo, apenas dez minutos, a restabelecer a igualdade no marcador e acabou por alcançar a vitória. A primeira parte foi viva e, diga-se, com maior domínio da esquipa da Madeira. Foi, aliás, Makukula quem dispôs da melhor oportunidade de golo.
Na etapa complementar, o Marítimo entrou a ganhar, com um excelente golo de cabeça de Makukula. O golo teve o condão de acordar a equipa da casa, que partiu para um excelente segundo tempo.
O empate surgiu por Wender, aos 56 minutos e a vitória aconteceu, por intermédio de Linz, já em tempo de compensações.
Determinante foi a expulsão de Makukula aos 68 minutos.
FICHA DO JOGO
Local: Axa, em Braga (5.000 espectadores)
Árbitro: Paulo Costa (Porto)
SPORTING DE BRAGA: Paulo Santos, João Pereira, Paulo Jorge, Rodriguez, Frechaut, Roberto Brum, Madrid (Jorginho, 49m), João Pinto, Zé Manel (Jaílson, 32m), Linz e Wender (Vandinho, 60m). Treinador: Manuel Machado.
MARÍTIMO: Marcos, Briguel, Ediglé, Van der Linder, Evaldo, Wénio, Bruno, Marcinho, Márcio Mossoró (Kanu, 73m), Djalma (Luís Olim, 63m) e Makukula. Treinador: Sebastião Lazaroni.
Marcador: 0-1, Makukula (46m); 1-1, Wender (55m); 2-1, Roland Linz (90 2m)
Acção disciplinar: Cartões amarelos - Wénio (40m), Makukula (54 e 69m), João Pinto (83m) e João Pereira (85m); Cartão vermelho - Makukula (69m)
Melhor jogador: João Pereira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)