Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Golos renovam esperança

O Olhanense manteve intactas as esperanças na subida ao vencer com dificuldade o Feirense por 2-0. Os golos surgiram apenas na parte final do jogo, depois de o adversário ficar reduzido a dez unidades, por expulsão do defesa Luciano (acumulação de amarelos).
7 de Abril de 2008 às 00:30
Triunfo sobre o Feirense, faz equipa de Olhão sonhar com subida
Triunfo sobre o Feirense, faz equipa de Olhão sonhar com subida FOTO: Carlos Almeida

A contas com alguns problemas físicos no seio do grupo (Messi fez um teste antes do jogo e não pôde actuar e Marco Couto saiu ao intervalo), o técnico Diamantino Miranda apostou num esquema de três centrais que esteve longe de convencer: o Feirense foi melhor até ao intervalo e, para além de defenderem bem, os forasteiros mostraram gradual ousadia, dispondo de três ocasiões claras de golo, a mais flagrante das quais num lance em que Márcio surgiu isolado e Bruno Veríssimo evitou o 0-1 com enorme classe.

As alterações introduzidas ao intervalo conferiram uma maior arrumação ao conjunto algarvio e deram-lhe também mais alma: os locais passaram a dominar a partida, embora sem criar muitas ocasiões de golo. O guarda-redes Hélder Godinho foi colocado à prova em duas situações: num remate frontal, rasteiro, de Bruno Mestre e num cruzamento perigoso de Ricardo Silva.

A expulsão de Luciano deu uma boa ajuda à turma de Olhão: o Feirense perdeu coesão a meio-campo e passou a conceder mais espaços. Toy assistiu Djalmir após cruzamento largo de Pedro Correia no lance do 1-0 e, já em tempo de compensações, uma bonita jogada de contra-ataque conduzida por Toy foi concluída com perfeição por Gomis. A chama da subida continua acesa entre os olhanenses.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)