Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Gomes da Silva atira-se a Luís Filipe Vieira

Ex-vice das águias defende continuidade do treinador Rui Vitória.
Filipe António Ferreira 10 de Outubro de 2017 às 08:47
Rui Gomes da Silva
Rui Gomes da Silva esteve ao lado de Luís Filipe Vieira durante sete anos no Benfica
Rui Gomes da Silva com Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Rui Gomes da Silva
Rui Gomes da Silva esteve ao lado de Luís Filipe Vieira durante sete anos no Benfica
Rui Gomes da Silva com Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Rui Gomes da Silva
Rui Gomes da Silva esteve ao lado de Luís Filipe Vieira durante sete anos no Benfica
Rui Gomes da Silva com Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Rui Gomes da Silva, antigo vice-presidente do Benfica, continua na onda de criticas à direção liderada por Luís Filipe Vieira embora partilhe da opinião do líder das águias de manter o técnico Rui Vitória neste período conturbado da equipa de futebol.

"O recurso à chicotada psicológica é, porventura, tão velho como o futebol. Sendo coerente com tudo o que sempre defendi, não posso deixar de concordar com o presidente. Mudar de treinador, agora, seria abrir a ‘caixa de Pandora’ e admitir erros que, neste momento, não podem ter existido. Um novo treinador seria arranjar desculpas para o erro e um outro responsável, que seria... o menos culpado. Disfarçaria por uns momentos, mas colocaria tudo o resto a nu... mais depressa", escreveu o no blogue Novo Geração Benfica.

Gomes da Silva vai mais longe ao apontar os erros da estrutura se Vitória sair: "Seria a estrutura do Benfica a reconhecer que, nos últimos 2 anos, tínhamos ganho por causa dos erros alheios e não com todo o mérito, como aconteceu! Seria a estrutura do Benfica a reconhecer que em vez de nos termos reforçado com jogadores de qualidade, tínhamos optado por outro caminho ou por jovens ainda com muito para aprender! Seria a estrutura do Benfica a reconhecer que tínhamos facilitado na substituição de Ederson, Semedo, Lindelof, ... ou na procura de, para além de um central rápido, um 6 e um 8 para substituir Fejsa e Pizzi. Seria a estrutura do Benfica a reconhecer que tínhamos tido um treinador sem sistema alternativo", acrescentou.

Atl. Madrid quer Talisca 
As exibições do médio Talisca, brasileiro do Benfica emprestado ao Besiktas, está a despertar o interesse de grandes clubes europeus. O Atlético Madrid foi o último a surgir como possível destino do esquerdino de 23 anos.

Segundo a imprensa turca, o emblema colchonero está na disposição de avançar com perto de 20 milhões de euros para garantir já em janeiro o jogador, contudo, as águias têm a última palavra e só deixam sair o brasileiro por um valor nunca inferior aos 25 milhões de euros.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)