Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Governo fala em vergonha

O secretário de Estado da Juventude e Desporto, Laurentino Dias, revelou-se ontem “muito preocupado” com o acórdão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que deu razão ao Benfica no caso Nuno Assis, e diz que o Governo vai remeter todo este processo à PGR, à UEFA e à FIFA.
20 de Julho de 2006 às 00:00
“O acórdão viola grosseiramente as normas e regulamentos nacionais e internacionais da luta contra o ‘doping’. Vamos remeter para apreciação da Procuradoria-Geral da República (PGR) e daremos ainda conhecimento de todo o dossiê à UEFA e FIFA”, revelou o secretário de Estado do Desporto, que na conferência de Imprensa esteve acompanhado dos presidentes do CNAD e do Laboratório Antidopagem (LAD), Luís Sardinha e Luís Horta, considerando logo depois “uma vergonha” todo o processo e garantindo que o Governo irá até às “últimas consequências” neste caso.
Na mesma conferência de Imprensa, o CNAD e o LAD refutaram irregularidades no processo de ‘doping’ do futebolista Nuno Assis, garantindo que “cumpriram a legislação” e as normas da Agência Mundial Antidopagem (AMA).
Recorde-se que o arquivamento deste processo aconteceu na passada sexta-feira, um mês antes de serem cumpridos os seis meses de suspensão instaurados a Nuno Assis, que esteve suspenso desde 3 de Fevereiro, por, alegadamente ter acusado ‘doping’ num controlo realizado no final do jogo com o Marítimo, referente à Liga portuguesa, realizado a 3 de Dezembro de 2005.
O Benfica reage hoje, em conferência de Imprensa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)