Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

GPS ajuda a controlar os treinos do Sporting

Rúben Amorim, que está em casa contaminado com Covid-19, recorre à tecnologia para monitorizar os futebolistas à distância.
Mário Figueiredo 21 de Setembro de 2020 às 01:30
Feddal, defesa-central marroquino de 30 anos, durante o treino com o colete GPS
Feddal, defesa-central marroquino de 30 anos, durante o treino com o colete GPS FOTO: Sporting
Rúben Amorim está em casa em quarentena por ter testado positivo à Covid-19, mas tem controlado de perto o treino e o empenho dos jogadores do Sporting que estão no Algarve através dos dados GPS que recebe e analisa diariamente, apurou o CM.

O treinador leonino está longe da equipa, mas faz conferências diárias com os outros membros da equipa técnica. Os coletes com GPS que os jogadores utilizam nos treinos têm sido uma ajuda preciosa. Os dados recolhidos pelo aparelho permitem saber os quilómetros percorridos por cada jogador, a velocidade máxima, os sprints e o posicionamento no campo durante as peladinhas. Esta informação é ainda complementada com os dados cardíacos. Não é Amorim quem faz a compilação da informação, mas o técnico gosta de a analisar. Ao realizar comparações com treinos anteriores percebe o empenho de cada jogador e a sua evolução física mediante os treinos.

Os leões receberam este domingo a melhor notícia face à aproximação da estreia na Liga Europa, na quinta-feira. Pela primeira vez, nos últimos dias, os testes realizados à Covid-19 revelaram-se todos negativos. Após terem nove jogadores infetados (Maximiano, Renan, Eduardo Quaresma, Gonçalo Inácio, Borja, Rodrigo Fernandes, Pedro Gonçalves, Nuno Santos e Palhinha) e três elementos do staff (entre eles Rúben Amorim e o médico João Pedro Araújo), os leões podem respirar de alívio. Mas esta segunda-feira serão submetidos a nova ronda de testes e amanhã voltam a repetir os exames, como determina a UEFA. Mas será a DGS a decidir se haverá jogo com o Aberdeen até seis horas antes da partida, agendada para as 20h00, em Alvalade. Os leões inscreveram 24 jogadores na lista A da UEFA, com destaque para as ausências de Doumbia e Rafael Camacho, por opção técnica.

Técnico ganha 1,5 m € Brutos por ano
Rúben Amorim tem um vencimento de 1,5 M € brutos por ano no Sporting, tendo recebido ainda um milhão de prémio de assinatura. Valores que contradizem António Salvador, que falou em 2,5 M € só de salário.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Rúben Amorim GPS Algarve Covid-19 Sporting UEFA A desporto futebol
Ver comentários