Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Grandes devem 632 milhões

As Sociedades Anónimas Desportivas (SAD) dos três grandes devem mais de 632 milhões de euros.
2 de Março de 2010 às 00:30
Pinto da Costa conseguiu que a SAD do FC Porto tivesse lucros de 19,6 milhões
Pinto da Costa conseguiu que a SAD do FC Porto tivesse lucros de 19,6 milhões FOTO: João Miguel Rodrigues

As Sociedades Anónimas Desportivas (SAD) dos três grandes devem mais de 632 milhões de euros. Este é o volume somado do passivo de Benfica (340,7 milhões), Sporting (142,8) e FC Porto (148,7) no final do primeiro semestre 2009/2010. De acordo com os relatórios e contas das respectivas sociedades, só o FC Porto apresentou resultados positivos. Um lucro de 19,6 milhões de euros explicado pelos responsáveis da SAD do dragão com as mais-valias realizadas com as transferências de Lisandro Lopez e Aly Cissokho para o Lyon e com o aumento das receitas de televisão (quatro milhões de euros) e dos prémios recebidos pela participação nas provas da UEFA (11,5 milhões de euros).

O clube liderado por José Eduardo Bettencourt registou prejuízos de 7,8 milhões de euros. O Sporting teve uma quebra importante nos proveitos originários da participação nas competições europeias que passaram de dez milhões (em 2008) para 3,6 milhões no ano passado.

O Benfica apresenta os piores resultados dos três grandes: 13,8 milhões de prejuízo, resultantes de uma reestruturação financeira que levou a Benfica SAD a adquirir a Benfica Estádio. O Clube da Luz optou por não vender jogadores e investiu em novos activos, como foi o caso do Ramires, Javi García ou Saviola. A criação do Fundo de Investimento Benfica Stars Fund’, gerido pelo Grupo Espírito Santo, levou à transferência, a título definitivo, de 22 milhões de euros em direitos desportivos dos atletas do plantel principal.

BENFICA TV E PASSES DADOS EM GARANTIA

Um dos factores negativos que influenciaram as contas da Benfica SAD foi o impacto dos investimentos na Benfica TV, que corresponderam a um prejuízo aproximado de 75 mil euros no semestre. Em relação ao passivo de 340 milhões de euros, os responsáveis da SAD encarnada referem que apenas é exigível, a um ano, o montante de 177,1 milhões de euros.

No caso do Sporting, Eduardo Bettencourt está a reanalisaralgumas medidas do plano de reestruturação financeira e negociou com os bancos um novo prazo até 31 de Março para apresentar novas medidas. O clube negociou linhas de crédito com o Banco Espírito Santo e com o Millennium BCP a troco de garantias de créditos de bilheteira (que em 2009 ascenderam a 4,3 milhões de euros) e passes dos jogadores que integram a equipa principal.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)