Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Há muitos responsáveis em todo este caso

O avançado camaronês Meyong continua sem saber qual será o seu futuro desportivo. Impossibilitado de representar o Belenenses, ao qual foi emprestado até Maio, o jogador de 26 anos diz que não existe apenas um responsável neste caso.
22 de Janeiro de 2008 às 00:00
O jogador foi inscrito pelos azuis mas infringiu os regulamentos da FIFA – representou mais de dois clubes esta época (Levante e Albacete) –, ao ser utilizado frente à Naval há quinze dias. “Há muitos responsáveis em todo este caso. Desde o Levante, até a algumas pessoas no Belenenses, a Liga espanhola, a FPF... Nunca vi nada assim”, lamentou.
E o camaronês nem sequer sabe se poderá voltar a jogar esta época. “É uma situação complicada. Não posso jogar cá, pelo que creio que o regresso ao Levante é a melhor opção. Mas mesmo assim não sei se posso jogar em Espanha”, disse Meyong à saída de uma audiência com a Comissão Disciplinar da Liga, em Lisboa, garantindo que o seu desejo é retornar brevemente a Portugal. “Quando voltei, senti-me muito bem. Aliás, há dois anos que não me sentia tão bem. Espero voltar a Portugal rapidamente, porque o meu futuro é aqui”, disse.
Quem também esteve nas instalações da Liga foi Carlos Janela, antigo director desportivo belenense, que se mostrou confiante num desfecho positivo para o clube: “Saio daqui muito optimista. Acredito que o Belenenses irá desfazer-se deste monstro que foi o caso Meyong.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)