Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Há vídeos de Cole com José Mourinho

Ray Mason, empregado de hotel, é o homem que pode custar alguns pontos ao Chelsea de José Mourinho. A Federação Inglesa continua a investigar o alegado encontro entre o defesa do Arsenal Ashley Cole com o técnico português, onde Mourinho o terá aliciado para assinar com os ‘blues’. E ontem, em Lisboa, onde está a passar férias, o empregado hoteleiro voltou a confirmar que existem provas desse encontro.
11 de Março de 2005 às 00:00
Mourinho é acusado por Ray Mason de tentar aliciar Cole a deixar o Arsenal rumo ao Chelsea
Mourinho é acusado por Ray Mason de tentar aliciar Cole a deixar o Arsenal rumo ao Chelsea FOTO: d.r.
“Há vídeos de Cole com José Mourinho e com as pessoas que lá estiveram, recibos e notas de hotel que dirão que todos estiveram lá. Não é fácil estar nesta posição, ter um clube a dizer uma coisa e eu outra. Mas existem demasiadas provas para que as pessoas não acreditem em mim. Não é confortável, mas eu provo que aquilo aconteceu”, afirmou Mason à Agência Lusa, criticando o comportamento de Mourinho no dia do, hipotético, encontro: “Quando o conheci, ele não foi muito simpático. Sei que ele estava lá para tratar de negócios, mas foi muito rude para mim. Não olhou, não disse nada. Ele apenas me empurrou, como que dizendo: vai-te embora”.
No entanto, e apesar da possibilidade de os ‘blues’ perderem até seis pontos com este caso, Ray Mason não acredita que o conjunto londrino perca a Liga Inglesa. “A vantagem do Chelsea é tão grande que, mesmo que venha a perder pontos, será campeão da Inglaterra”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)