Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Hamilton com a 102.ª 'pole' na Fórmula 1, mas é Bottas quem sai à frente na Turquia

Penalização por mudança de motor antes da 16.ª prova da temporada faz com que tenha de recuar 10 lugares na corrida de domingo, largando da 11.ª posição.
Lusa 9 de Outubro de 2021 às 20:03
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton FOTO: Reuters
O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) conseguiu este sábado a 102.ª 'pole' da sua carreira, na qualificação para o Grande Prémio da Turquia de Fórmula 1, mas será o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) a largar da primeira posição da grelha.

Uma penalização por mudança de motor antes desta 16.ª prova da temporada faz com que tenha de recuar 10 lugares na corrida de domingo, largando da 11.ª posição.

Assim, apesar de este sábado ter conseguido o melhor tempo, com uma volta em 1.22,868 minutos, será o seu companheiro de equipa, Valtteri Bottas, a herdar o primeiro lugar da grelha.

O piloto finlandês foi o segundo na qualificação deste sábado, ficando a 0,130 segundos de Hamilton, com o holandês Max Verstappen (Red Bull) em terceiro, a 0,328 segundos.

A sessão até começou com chuva em alguns pontos do circuito, mas a Red Bull parece ter errado a configuração do seu monolugar, feita em simulador, não tendo em conta as alterações do asfalto sofridas entre 2020 e 2021.

Desta forma, Verstappen vai largar atrás de Bottas, que terá a missão de conter o piloto da Red Bull de forma a ajudar o seu companheiro de equipa na luta pelo campeonato mundial.

A Mercedes optou por mudar o motor de Hamilton nesta prova, disputada num circuito com vários pontos de ultrapassagem, minimizando, assim, as perdas devido à penalização de 10 lugares na grelha.

A primeira curva torna-se, perante este cenário, fulcral para a Red Bull, com Verstappen a ter de se desenvencilhar de Bottas o quanto antes, de maneira a conseguir capitalizar os lugares perdidos por Hamilton.

O piloto britânico chega a esta ronda com dois pontos de avanço sobre Verstappen, que, em caso de vitória, recupera o comando do Mundial.

O monegasco Charles Leclerc foi o melhor dos Ferrari, na quarta posição, a 0,397 segundos, com o francês Pierre Gasly (Alpha Tauri) em quinto, a 0,458 segundos.

O GP da Turquia é a 16.ª de 22 corridas previstas no calendário.

 

AGYR // PFO

Lusa/Fim

Ver comentários