Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Henry ilibado por vazio jurídico

Thierry Henry não vai ser alvo de qualquer sanção por parte do Comité de Disciplina da FIFA, na sequência da polémica mão na bola no lance que resultou no golo do apuramento da França para o Mundial-2010, no ‘play-off’ com a República da Irlanda.
18 de Janeiro de 2010 às 17:17
Thierry Henry
Thierry Henry FOTO: d.r.

Em comunicado, o Comité de Disciplina do organismo que rege o futebol mundial, que se reuniu esta segunda-feira para analisar o pedido do Comité Executivo apresentado a 2 de Dezembro, diz ter “concluído que não há fundamento legal para considerar o caso, porque controlar a bola com a mão não pode ser encarado como uma violação séria, como estipula o artigo 77a) do Código de Disciplina da FIFA”.

“Não há qualquer outro texto legal que possa permitir ao Comité impor sanções por qualquer incidente que não tenha sido sancionado pelos árbitros do jogo”, pode ainda ler-se.

Ver comentários