Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Herrada mais forte

José Herrada (Caja Rural) foi ontem o mais forte na chegada a Lamego, na 5ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta. Na frente da classificação geral, continua tudo na mesma, com David Blanco (Palmeiras) a manter os 43 segundos de avanço para o segundo classificado, David Bernabéu (Barbot).
11 de Agosto de 2010 às 00:30
O espanhol José Herrada deu a segunda vitória à equipa Caja Rural
O espanhol José Herrada deu a segunda vitória à equipa Caja Rural FOTO: António Cotrim/Lusa

A tirada que ligou Fafe a Lamego (172,4 km) previa-se complicada, uma vez que a meta coincidia com um prémio de 2ª categoria, mas a montanha acabou por ‘parir um rato’. O espanhol Herrada aproveitou para arrancar do pelotão ao quilómetro 145 e não mais foi apanhado, possibilitando à Caja Rural o segundo triunfo na prova (depois de Oleg Chuzhda na 1ª etapa). "Nos últimos quilómetros, faltaram-me as forças e pensava que já não conseguia chegar à vitória", disse o ciclista da formação espanhola. Na perseguição ao ciclista de Cuenca, a Barbot e a Palmeiras ainda tentaram apanhar o fugitivo para colocar na discussão da etapa os seus homens mais rápidos – Sérgio Ribeiro (novo líder da classificação dos pontos) e Cândido Barbosa – mas o esforço acabou por ser insuficiente.

Amanhã, a mais longa etapa da Volta, entre Moimenta da Beira e Castelo Branco (221,1 km).

"GUARDAR FORÇAS PORQUE DEPOIS VEM A 'SRª TORRE'"

David Blanco já estava à espera de uma etapa dura, por isso mentalizou-se para o sobe-e-desce da tirada que terminou em Lamego. "Correu bem, apesar do muito calor", disse o espanhol líder da geral.

Apesar de nos últimos quilómetros ter trabalhado na frente do pelotão para levar Cândido Barbosa a uma eventual vitória na etapa, o espanhol já só pensa na etapa de amanhã na chegada à Torre. "Amanhã [hoje] vamos enfrentar muito calor mas vou tentar guardar forças porque depois, no dia seguinte, vem a ‘Senhora Torre’", salientou o corredor da Palmeiras.

O vencedor de três edições da Volta (2006, 2008 e 2009) tem 43 segundos de vantagem sobre David Bernabéu (Barbot) e 44 sobre o português Hernâni Broco (LA Rota dos Móveis). Blanco continua assim a ser o principal candidato a igualar o recorde de Marco Chagas, com quatro triunfos na principal prova velocipédica nacional.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)