Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Ingleses de olhos postos em Douala e Enakarhire

De figuras de segundo plano a imprescindíveis entre as opções de Peseiro. Douala e Enakarhire, chegados no início da temporada a Alvalade, têm razões para sorrir.
26 de Março de 2005 às 00:00
Um e outro não precisaram de muito tempo para impor o seu futebol e garantir o seu espaço no ‘onze’. De tal forma que, beneficiando também das prestações da equipa na Taça UEFA – o Sporting está, 14 anos depois, nos quartos-de-final –, tanto o extremo camaronês como o central nigeriano, ambos actualmente ao serviço das respectivas selecções, estão já a merecer a atenção dos ‘olheiros’ internacionais, rendidos às jóias de África do ‘leão’. Para já, nenhuma proposta ‘aterrou’ na SAD, mas no mercado inglês a cotação do duo está a subir em flecha.
Aliás, não terá sido por mero acaso que vários emblemas provenientes de terras de Sua Majestade tenham solicitado aos ‘leões’ ingressos para o último ‘clássico’ em Alvalade. E o Sporting-FC Porto serviu a preceito para os referidos ‘espiões’ confirmarem as indicações positivas já retiradas aquando das deslocações ‘leoninas’ a Roterdão, – jogo que marcou o regresso de Douala –, e a Middlesbrough, depois.
Enakarhire, 22 anos, aproveitou a campanha europeia para consolidar o seu lugar no centro da defesa. As prestações na UEFA, seguras e com a particularidade de praticamente não cometer faltas, aguçaram o apetite alheio, ao mesmo tempo que conferiram ao nigeriano, que chegou a Portugal como um desconhecido, um estatuto ímpar. Douala, cuja velocidade lembra... magia negra, não perdeu tempo, apesar da lesão que o afastou da equipa. Reentrou em Roterdão, mas seria frente ao Middlesbrough que o camaronês mais haveria de empolgar – marcou e deu a marcar em Inglaterra; ofertou a Pedro Barbosa o golo do triunfo em Alvalade.
E segue-se o Newcastle no calendário europeu do ‘leão’. Com os ingleses de olhos bem abertos... atentos a Douala e Enakarhire.
ROGÉRIO FOI PARA O BRASIL
Um dia depois de saber que a sua mãe havia sido resgatada pela polícia, o brasileiro Rogério viajou ontem para o seu país natal para poder passar uns dias na companhia de d. Inês. O defesa/médio do conjunto leonino regressa apenas na segunda-feira a Lisboa, altura em que recomeçam os treinos dos ‘verde e brancos’, após um fim-de-semana de ‘férias’, sobretudo para aqueles que não estão ao serviço da selecção.
Ainda sobre o rapto da mãe de Rogério, ontem ficou a saber-se mais alguns pormenores sobre o sequestrador de Inês Fidélis Régis. De seu nome André Luis Ramos, actualmente com 32 anos, o ‘Barba’, como é conhecido pelas forças policiais, já tinha sido detido anteriormente pelos mesmos motivos...rapto. No entanto, em 2003 – quando ainda lhe faltavam 15 anos para cumprir o resto da sua pena –, o ‘Barba’ recebeu um perdão por ser portador do vírus da sida e acabou por sair em liberdade, depois de ter sido considerado “um doente terminal”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)