Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

JARDEL PLANEIA NOVA BAIXA

Um comunicado conjunto emitido ao final da tarde de ontem entre a Sporting, SAD e o Barcelona afasta qualquer possibilidade de Mário Jardel se transferir nos tempos mais próximos para o colosso catalão.
20 de Agosto de 2002 às 23:25
Contudo, sabe o CM, o jogador prepara-se para prolongar a baixa psiquiátrica, mantendo-se indisponível para regressar aos trabalhos do plantel “leonino” apesar de se terem fechado as portas da Catalunha. Ontem, fonte próxima de Jardel garantiu a indisponibilidade do brasileiro para voltar a vestir a camisola do Sporting. A novela parece estar para durar.

Ainda assim, em Alvalade, acalenta-se alguma esperança quanto a um eventual regresso do jogador. A eventualidade de uma nova baixa não causa surpresa à SAD, que está a equacionar todos os cenários.

Para já, o facto da baixa psiquiátrica terminar no próximo sábado, obriga o jogador a tomar uma posição brevemente. Em Alvalade, acredita-se num volte-face, apesar do jogador, que continua em profundo silêncio, pareça não estar disposto a regressar ao Estádio de Alvalade.

No comunicado ontem emitido, Sporting e Barça garantem que “não vão efectuar nenhuma operação em conjunto num futuro próximo”, apesar de confirmarem as conversações para “analisar a viabilidade de algumas transacções”.

O acordo não foi possível, legitimando a esperança dos responsáveis “leoninos” em contarem com o seu goleador máximo na época passada, num dia em que também veio a público, através da Imprensa espanhola, um suposto interesse no jugoslavo Mijatovic, sem fundamento segundo apurou o CM.

Médico Manuel Pinto coelho revela: “Fui vítima do meu sportinguismo”

O psiquiatra Manuel Pinto Coelho, que nos últimos dias deixou de acompanhar a situação do avançado brasileiro Mário Jardel , explicou ao CM porque abandonou o “caso”: “Fui vítima do meu sportinguismo”, referindo-se aos motivos que o levaram a abandonar a equipa de médicos que prestava apoio clínico ao ponta-de-lança do Sporting.

Sobre as eventuais causas do seu afastamento, o adepto e sócio do clube de Alvalade preferiu deixar para um futuro próximo todas as explicações necessárias: “De momento, na minha condição de médico e o meu sigilo profissional não me permite tecer grandes comentários sobre esta questão”. O CM sabe, contudo, que terá sido José Veiga a prescindir dos seus serviços.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)