Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Jesus: "Acabou o sonho do título para o Sporting"

Jorge Jesus: "Em função da pontuação de Sporting e Benfica , o empate é melhor para o Benfica. Na minha opinião, o Sporting perdeu a oportunidade de sonhar com o título. Nós mantemos os onze pontos de vantagem. A organização defensiva das duas equipas suplantou a qualidade ofensiva. Não houve grandes oportunidades de golo. É muito dífícil jogar aqui, agora percebo a dificuldade do Sporting em jogar com equipas a que tem obrigatoriamente de ganhar. Este relvado está impraticável."
28 de Novembro de 2009 às 23:38

Carlos Carvalhal: 'Jorge Jesus diz que terminou o sonho do título? É uma opinião. Não falo sobre o Benfica, só sobre o jogo. Tivemos uma grande atitude, a equipa foi brava. Fizemos uma primeira parte de grande intensidade, criámos dificuldades ao Benfica. Houve também uma grande atitude do público. Tivemos duas oportunidades que marcaram o jogo, uma do Miguel Veloso e outro do João Moutinho. Foi fim jogo bravo, com grande competitividade. Há a frustração de não termos ganho, mas fizemos tudo para isso. Temos equipa e vamos corresponder ao apoio do público na próxima quinta-feira, com o Herenveen. Há passos para dar, temos que pensar em melhorar a qualidade, pensar jogo a jogo e não nos pontos de diferença para o topo da tabela. O resultado, para mim, é injusto. Não houve um grande desiquilíbrio, mas o sinal mais foi do Sporting, que teve mais vontade de marcar um golo.'

Liedson: 'Claro que queríamos a vitória. Trabalhámos toda a semana com esse pensamento. Demos uma resposta positiva, estamos de parabéns e penso que o resultado justo seria a nossa vitória, porque fizemos mais por isso. Ainda há muitos jogos por disputar. Não é hora de falar mas sim de trabalhar e acertar o que está mal. Paulo Bento e Carvalhal? Não gosto muito de fazer comparações entre treinadores. O Paulo fez um excelente trabalho. Cada um tem a sua técnica e a sua filosofia.' 

David Luiz: 'Foi um jogo intenso, difícil, é sempre difícil jogar em Alvalade. A relva também não ajudou, mas penso que foi um ponto que conquistámos, pelo menos até segunda-feira. Jogou-se mais com a força do que com a técnica. Saímos satisfeitos e ainda há muito campeonato.'

Maxi Pereira: "Não conseguimos ganhar e foi para isso que viemos aqui. Não fomos surpreendidos pela entrada do Sporting, os dérbis são assim e o Sporting é uma grande equipa. Jogaram bem e nós também. É um ponto para cada um. O que nos faltou? Um pouco de sorte e tranqulidade. Di María e Ramires tiveram boas oportunidades. O relvado também estava péssimo, dificultou a finalização. As pedras à chegada? São coisas normais nestes jogos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)