Jesus diz que "está tudo em aberto"

Apesar da diferença para o líder FC Porto, técnico não atira a toalha ao chão.
Por João Pedro Óca|12.03.18
O Sporting joga hoje em Chaves (19h00, Sport TV1) depois de os rivais já terem entrado em campo na jornada 26 do campeonato, mas Jorge Jesus descarta o fator pressão extra, mesmo numa equipa que já não tem qualquer margem de erro na luta pelo título: "As equipas grandes estão sempre pressionadas, têm de jogar sempre para ganhar. Independentemente do rival ganhar ou perder. Agora imaginamos que o nosso rival perdia, íamos pressionados na mesma. O Sporting não vai mais pressionado porque já está muito pressionado para ganhar".

Apesar da diferença para os dois primeiros da Liga, Jorge Jesus recusa-se a atirar a toalha ao chão, a nove jornadas do fim do campeonato. "Ainda está tudo em aberto. O Sporting vive de vitórias, independentemente dos objetivos. Alimentamo-nos de vitórias e são as vitórias que nos dão confiança", assinalou.

Hoje, Jorge Jesus pode chegar ao triunfo número 300 em 546 jogos como treinador no principal escalão do futebol português, e admite que atingir essa marca lhe dá um sabor especial numa cidade que marcou a estreia na Liga. "Tudo começou com o Chaves [como técnico do Felgueiras em 1995]. É bom, é sinal de que desportivamente estamos vivos. Mais importante do que isso é o facto de ser um jogo em que uma vitória é muito importante", disse o treinador, que garantiu que tem, no plantel, soluções com qualidade para colmatarem as ausências de Bruno Fernandes e Acuña, habituais titulares, por castigo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!