Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Jesus lamenta saída de César Peixoto

Jorge Jesus lamentou, ontem, a saída de César Peixoto da Luz. "Tive alguma pena que ele tivesse saído. Propus-lhe ficar esta época e não sei se não seria titular neste momento.
28 de Janeiro de 2012 às 01:00
Jorge Jesus reconhece que o jogador talvez se tenha precipitado com a rescisão do contrato
Jorge Jesus reconhece que o jogador talvez se tenha precipitado com a rescisão do contrato FOTO: Duarte Roriz

O César foi muito importante para a conquista do título", elogiou o técnico, explicitando ainda as razões que levaram ao ‘divórcio’: "Ele entendeu que não era feliz a lateral-esquerdo. Queria voltar à posição ‘10’, para a qual tenho o Aimar, Witsel, Bruno César e o Gaitán. Mas o César é um jogador inteiro, que foi habituado a ser campeão no FC Porto. Ele não abana com a pressão de 50 mil ou 60 mil adeptos como outros abanam."

Confrontado pelo CM com as declarações do seu ex-treinador, César Peixoto foi lacónico. "Fico satisfeito por ouvir essas palavras", limitou-se a dizer, sem esclarecer se está arrependido de ter pedido a rescisão.

Jesus minimizou também o clássico Benfica-FC Porto que acontecerá em Março. "É um jogo que nada vai resolver. Ainda faltam muitas jornadas e, até lá, as duas equipas terão jogos difíceis para disputar", observou.

O técnico dos encarnados abordou ainda os casos de Ruben Amorim e Enzo Pérez, suspensos por razões disciplinares: "O Ruben faz falta, tanto assim que começou a época no plantel de 27 jogadores que definimos para disputar as várias competições. Quanto ao Enzo Pérez , temos todo o interesse em recuperá-lo, desde que ele tenha a cabeça no Benfica e goste de estar aqui."

YANNICK APONTADO À LUZ

O site italiano Tuttomercatoweb garante que Yannick Djaló vai ser jogador dos encarnados nas próximas três épocas e meia. A notícia dá conta de negociações falhadas com Parma e Sampdoria, que teriam sido ultrapassados pela investida do Benfica. Ainda segundo o mesmo site, o acordo teria sido alcançado após árduas negociações na quinta-feira.

Yannick Djaló encontra-se sem clube desde 31 de Agosto. Confrontado com um montante aliciante pelo Nice, o ex-jogador do Sporting viu-se perante valores bem inferiores à chegada a França e, quando finalmente houve fumo branco, já era tarde. A FIFA foi intransigente e recusou oficializar a inscrição, que deu entrada minutos depois da meia-noite.

Além do Benfica, também o FC Porto é apontado como um dos interessados no ex-sportinguista, que está sem clube depois de ter rescindido o contrato com o Nice.

BENFICA JESUS CÉSAR PEIXOTO DJALÓ
Ver comentários