Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Jogadores do Rio Maior mantêm greve de fome

O plantel da União de Rio Maior permanece em greve de fome junto ao Estádio Municipal, por terem seis meses de salários em atraso, e ainda estão "sem novidades nenhumas", segundo disse este sábado o capitão da equipa, Bruno Militão.
23 de Maio de 2009 às 12:48
O protesto está a ter lugar à porta do Estádio de Rio Maior
O protesto está a ter lugar à porta do Estádio de Rio Maior FOTO: d.r.

Apesar do desespero, os atletas acreditam num desfecho favorável nas próximas horas. A greve de fome teve início ontem pelas 23h00 à porta do Estádio do clube onde hoje se realiza o jogo entre Portugal e Dinamarca, da primeira jornada da Ronda de Elite  de qualificação para o campeonato da Europa de sub-19.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)