Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Jogar no Atlético Madrid era o meu sonho

O internacional português Maniche foi ontem apresentado como reforço do Atlético Madrid para as próximas três temporadas. O médio foi recebido em festa no estádio Vicente Calderón por cerca de 200 adeptos dos ‘colchoneros’ e não escondeu o seu alívio por, finalmente, após duras negociações com o Dínamo de Moscovo, assinar contrato com o clube onde já estão os portugueses Costinha e José Castro.
31 de Agosto de 2006 às 00:00
“Foram dias complicados, vividos com muita intensidade pois o meu sonho era jogar no Atlético de Madrid. Recebi várias propostas, de muitas equipas, mas esperei sempre assinar pelo Atlético. Agora que tudo terminou sinto-me muito feliz”, afirmou Maniche.
O Atlético Madrid não vai, esta época, estar presente nas competições europeias, o que é sempre aliciante para qualquer jogador. Mas Maniche explicou os motivos que o levaram a escolher os ‘colchoneros’: “O historial do clube, a qualidade da equipa, os adeptos e as pessoas que dirigem o Atlético. Não estou nada arrependido da minha escolha”.
Além da intransigência negocial do Dínamo de Moscovo (o negócio terá sido feito por valores à volta dos nove milhões de euros), o elevado salário que Maniche auferia na Rússia também foi um entrave. O médio, ex-Benfica e FCN Porto, não se alongou em comentários, dizendo apenas que o seu vencimento “é justo”.
O presidente do Atlético Madrid, Enrique Cerezo, também salientou as difíceis negociações, mas destacou que a vontade de Maniche em jogar nos ‘colchoneros’ acabou por ser determinante.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)