Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Jogo de loucos apura ‘Spurs’ para as meias finais da Champions

Quatro dos sete golos da partida foram marcados em 11 minutos.
Raul Teixeira 18 de Abril de 2019 às 08:55
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
Tottenham elimina Manchester City da 'Champions' num jogo com sete golos
O Tottenham perdeu esta quarta-feira no terreno do Manchester City (4-3), num jogo de loucos, mas avança para as meias finais da Liga dos Campeões devido aos golos marcados fora. Na primeira mão tinha ganhado por 1-0.

Quatro dos sete golos foram apontados nos primeiros 11 minutos da partida.

A formação de Pep Guardiola entrou em campo obrigada a marcar depois da derrota na primeira mão. Os ‘citizens’ chegaram ao primeiro golo por intermédio de Sterling, com assistência de De Bruyne (4’), relançando cedo a eliminatória no Etihad Stadium.

A resposta chegou três minutos depois pelo pé de Son (7’). O sul-coreano iria bisar logo a seguir (10’).

Com um ritmo de jogo eletrizante, Bernardo Silva empatou as contas em Manchester (11’), e Sterling dilatou ainda no primeiro tempo (21’).

No regresso do balneário, o argentino Kun Aguero não desperdiçou a assistência de De Bruyne para a grande área, e encontrou o caminho para o 4-2. Festa imensa nas bancadas. Finalmente o City ficava na frente da eliminatória.

Aos 73’, Llorente voltou a marcar para o Tottenham (4-3), num lance contestado pela equipa da casa. Cuneyt Çakir consultou o videoárbitro, mas acabou por validar.

Mauricio Pochettino reforçou o setor defensivo. Sterling (Man. City), nos descontos (90+3’), chegou a colocar a bola na baliza de Lloris, mas o árbitro turco socorreu-se das imagens do VAR e anulou (bem) o golo.

O Tottenham segue para as meias-finais da Champions onde vai defrontar os holandeses do Ajax, a 30 de abril.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)