Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Jogo de vídeo com Dragão no comando

FC Porto resgata o topo. 1-0 de Felipe dado pelo VAR, numa decisão polémica. Vários golos foram anulados.
Sérgio Pereira Cardoso 29 de Outubro de 2018 às 01:30
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Jogo entre FC Porto e Feirense
Num jogo que teve muito de vídeo, o FC Porto sai no comando da Liga após uma vitória por 2-0 sobre uma equipa que só tinha sofrido três golos até esta jornada. O primeiro tento marca o encontro e, provavelmente, vai marcar a semana de discussão futebolística. O Feirense lutou até final e deu muito trabalho, mas foi Marega a selar o resultado.

Em relação a Moscovo, Conceição tirou Herrera e colocou Soares, deixando Óliver e Danilo como donos do meio-campo. O que resultou. A primeira parte acaba por se dividir em três fatias, a primeira delas a entrada forte do Dragão muito por culpa da visão e da agressividade - leram bem - de ‘Óli’, quebrando alguns mitos com recuperações em barda.

Foi de uma bola bombeada do médio espanhol que o colega Danilo marcou, aos 8’, num lance anulado via vídeo-árbitro, aqui sem dúvidas. Já aos 22’, num fabuloso livre de laboratório, Felipe marca mesmo o 1-0. O fiscal levantou a bandeira, mas Rui Oliveira foi ao vídeo e inverteu a decisão. O lance parece mal ajuizado. Muitas dúvidas e uma só certeza: a de que haverá muita discussão durante a semana.

Talvez pela demora com o VAR, o FC Porto adormeceu e o Feirense não lucrou por culpa de Iker Casillas, nesse segundo momento dos primeiros 45’. O último seria com nova onda de ataques bem desenhados pelos azuis-e-brancos, mas Brahimi atirou à barra e Secco roubou o golo certo a Marega. Intervalo.

Mais dois golos anulados - um para cada lado - marcaram o início da etapa complementar, com a turma da Feira a subir no terreno. Isto até à entrada de Herrera, um calmante na crescente tensão portista, retomando o domínio e as chances desperdiçadas por Soares.

Marega, já na reta final, conseguiu o 2-0 a passe de Soares e Herrera até esteve perto de fazer o terceiro, tal como Adrián. Do outro lado, Iker foi novamente decisivo. Fim de jogo, o Dragão sobe ao topo, com os mesmos 18 pontos do Sp. Braga. 

"Estamos na corrida como sempre"
O FC Porto arrancou para a jornada 8 do campeonato no 3º lugar e terminou-a em 1º, mas Sérgio Conceição não se mostra surpreendido com este desfecho.

"As equipas estão todas juntas, há muito campeonato pela frente. É uma maratona e estamos na corrida como sempre estivemos. Somos uma equipa competente, com um balneário fantástico e com ambição", disse o treinador que não concordou com o golo invalidado aos dragões.

"Tivemos um golo limpo. Não sei quais são os timings para apitar, mas vi em alguns jogos que é melhor deixar seguir, depois se for válido vê-se", referiu. 

ANÁLISE 
Entrada com nota do ‘10’
Alta rotação, pressão asfixiante e variações de jogo a criarem espaços marcaram os primeiros 20 minutos portistas, até perto do golo de Felipe. Houve muito do ‘10’ Óliver, que mereceu a titularidade repetida.

Quebras e tiros falhados
Os dragões saem por cima, mas tiveram fases complicadas na partida, com quebras físicas e mentais que poderiam ter complicado. Soares teve pouca inspiração a atirar à baliza. Procura a melhor forma.

Árbitro fora de jogo
Felipe está milimetricamente adiantado no 1-0. Mas mais do que isso, Rui Oliveira quebrou o protocolo, invertendo uma decisão via VAR sem erro (claro). Os golos anulados são bem decididos. Há um penálti por assinalar de Alex Telles (84’) e Vítor Bruno devia ter sido expulso (50’).
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)