Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Jorge Jesus: “Benfica ainda tem uma palavra a dizer”

Treinador dos encarnados assume que o Sporting é favorito ao título mas não atira a toalha ao chão.
Filipe António Ferreira 11 de Fevereiro de 2021 às 08:38
Jorge Jesus
Jorge Jesus FOTO: Miguel Barreira
Jorge Jesus ainda não dá como perdida a Liga, apesar de considerar o Sporting o favorito. “O Benfica ainda tem uma palavra a dizer”, disse o técnico na antevisão do jogo desta quinta-feira com Estoril na 1ª mão das meias-finais da Taça de Portugal.

“O principal objetivo é o campeonato, depois temos vários em segundo: a nível nacional será a Taça de Portugal e temos uma palavra a dizer na Liga Europa. Vamos começar agora a segunda volta, sabemos que temos muitos pontos em atraso, mas também a noção de que no futebol tudo pode mudar. O que aconteceu ao Benfica pode acontecer a outra equipa. Estamos preparados para o desafio, acreditando que ainda temos uma palavra a dizer. Não tenho dúvidas que o Sporting é favorito, por mérito próprio”, salientou.

Neste momento, o panorama é mais desanuviado para o técnico, que não tem casos de Covid-19 no plantel. “Tenho jogadores para mexer, se não quiser pôr estes, meto outros. Há um mês tinha oito, nove, 10 ou 11 e os outros em casa doentes. Hoje tenho a possibilidade de poder mexer na equipa com a confiança de que tenho jogadores completamente recuperados e à procura da melhor forma deles. Recuperamos os jogadores individualmente para que a equipa fique mais forte coletivamente. Esse é o objetivo, recuperá-los individualmente”, salientou o treinador, que frisou que apenas três jogadores ainda não tiveram Covid-19: “Rafa, Samaris e Chiquinho”.

"Lucas é o central mais rápido"
Jesus mostrou-se satisfeito com a contratação de Lucas Veríssimo e elogiou o reforço: “É um jogador mais rápido do que qualquer um dos outros centrais e tem características especiais. Umas melhores, outras não tão boas”. Ainda assim a estreia vai ter de esperar, apesar de o técnico considerar que o ex-Santos não vai ter dificuldades na adaptação. “Ainda não é o ideal para lançar no jogo. Só se algum dos outros dois centrais [Otamendi e Vertonghen] aparecesse lesionado. Acreditamos muito no valor dele e de certeza que vai demonstrar todas essas convicções que nós temos. A adaptação dele não vai ser assim tão difícil”, disse Jesus sobre o central, de 25 anos, que fica com uma cláusula de rescisão de 100 milhões de euros.

Sobre a possibilidade de Lucas integrar uma defesa a três, Jesus admitiu que sim, em determinados jogos, como na Liga Europa: “Não é um sistema que seja a minha prioridade”.


Jesus revela ter perdido seis quilos
“Para quem não teve parece fácil. Sabem quantos quilos perdi? Perdi seis quilos. Isto não é uma constipaçãozinha! Os jogadores perderam todos peso”, revelou esta quarta-feira Jorge Jesus ainda sobre o tempo em que esteve em isolamento devido à Covid-19.

proximidade e calor ditam jogar em roma
Jesus justificou a escolha de Roma (Itália), para jogar a 1.ª mão dos 16 avos da Liga Europa com o Arsenal (18/2), com a proximidade e o tempo, mais ameno: “Gostávamos que tivesse sido em Espanha, mas não podemos”.

lucas veríssimo na lista para a Uefa
O Benfica enviou esta quarta-feira a lista de inscritos para a Liga Europa, onde nos 16 avos de final vai defrontar o Arsenal. Lucas Veríssimo, defesa-central contratado ao Santos, está entre as escolhas.
Liga Europa Jorge Jesus Benfica Covid-19 Estoril Sporting Lucas Veríssimo Arsenal desporto futebol
Ver comentários