Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

“Jorge Jesus é mais do que competente”

O trabalho de Jorge Jesus no Benfica tem sido mais do que competente", defendeu André Villas-Boas, mostrando-se solidário com o treinador do Benfica, alvo de duras críticas após a eliminação da Liga Europa pelo Sp. Braga.
8 de Maio de 2011 às 00:30
Treinador do FC Porto não assume o favoritismo na final da Liga Europa com o Sp. Braga
Treinador do FC Porto não assume o favoritismo na final da Liga Europa com o Sp. Braga FOTO: DOMENECH CASTELLO/EPA

Para o técnico do FC Porto, que hoje faz a festa do título no Dragão, frente ao Paços de Ferreira, os encarnados têm qualidade para se reerguer. "O Benfica tem jogadores de qualidade, e na próxima época vai ameaçar o FC Porto", disse, para acrescentar: "No futebol, a queda do céu para o inferno é regular. Tanto se fala sobre o sucesso desmedido como a seguir se corta pela raiz. A sociedade gosta de vangloriar e matar. Obviamente, registo com muito desagrado os ataques a Jesus."

O técnico garantiu que o objectivo dos dragões "continua a ser um campeonato sem derrotas", mas deixou muitos elogios ao rival desta noite (20h15).

"Não sei se o Paços se vai apresentar mais contido ou não, mas sei que joga bom futebol e tem iniciativa de jogo. Sabe o que quer com bola", frisou, garantindo que, "se acontecer algum imprevisto, será mais por competência do Paços do que por falta de concentração do FC Porto".

André Villas-Boas já só pensa em Dublin, mas recusou o favoritismo da sua equipa. "Tudo pode acontecer na final da Liga Europa. Quem era favorito no Benfica-Sp. Braga? E no Twente-Zenit ou no Liverpool-Braga? O favoritismo não faz sentido, não tem significado algum".

VARELA POUPADO E BELLUSHI DE REGRESSO

 Varela não foi convocado para o duelo com o Paços. "Apresentou algumas queixas. Vai descansar e só pensaremos nele para o jogo com

o Marítimo", explicou André Villas--Boas. Em contrapartida, Belluschi voltou à convocatória, após um mês de ausência devido a uma rotura muscular contraída frente ao Portimonense, num jogo que os dragões venceram por 3-2.

Fernando e Rodríguez, lesionados, vão falhar o duelo que antecede a festa do 25º título nacional do FC Porto. Villas-Boas vai deixar no banco alguns titulares, e o Dragão vai encher para uma festa com música, coreografias e fogo-de-artifício.

Villas-Boas FC Porto Jorge Jesus Benfica treinador
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)