Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Jorge Jesus: "Houve diferença de critérios do árbitro"

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, criticou o árbitro Artur Soares Dias por não ter assinalado grande penalidade de Anderson Polga sobre Gaitán logo no início do Sporting-Benfica. "A equipa de arbitragem só teve um senão, mas é um grande senão", disse.

9 de Abril de 2012 às 22:38
Treinador do Benfica cumprimentou o seu ex-jogador João Pereira no final do dérbi
Treinador do Benfica cumprimentou o seu ex-jogador João Pereira no final do dérbi FOTO: Francisco Paraíso

"Houve diferença de critérios do árbitro. Não digo que o Luisão não tenha feito penálti mas no primeiro minuto também era penálti e poderia ter sido golo", disse o treinador que perdeu o dérbi com o Sporting pela primeira vez. 

"Foi um bom jogo. O Sporting, após marcar o penálti, jogou sempre em contragolpe. Fomos à procura do resultado e arriscámos mais, mas controlamos bem as movimentações dos avançados", disse Jorge Jesus, acrescentando que "é natural que o Sporting tivesse situações de finalização".

Quanto à situação em que o Benfica fica, com quatro pontos de desvantagem em relação ao FC Porto, o treinador dos encarnados disse que "ainda é possível" conquistar o título, "pois há 12 pontos em disputa".

Jorge Jesus Sporting-Benfica Artur Soares Dias FC Porto Luisão Grande penalidade Penálti
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)