Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

JOSÉ ALBERTO COSTA ACREDITA NUMA SURPRESA NAS ANTAS

O Varzim terá, amanhã, nas Antas, o seu jogo mais complicado na presente edição da Taça de Portugal. Apesar de defrontarem o conjunto mais forte e o grande candidato à conquista do título de campeão nacional, José Alberto Costa, técnico da formação poveira, acredita que se os seus jogadores entrarem em campo com determinação, o Varzim poderá conseguir um brilharete frente ao FC Porto.
7 de Março de 2003 às 00:00
“Gostaria que o Varzim entrasse em campo determinado com ambição, personalidade e realismo, porque é importante saber quem é que está do outro lado e tentar discutir o jogo. Mas trata-se de uma corrida entre um utilitário e um topo de gama”, sublinhou o treinador poveiro que para o encontro com os ‘dragões’ poderá ver-se privado do avançado João Paulo.

O jogador ainda está em dúvida para o embate dos quartos-de-final da Taça e ontem, voltou a não treinar com os restantes colegas. Outra grande dor de cabeça para José Alberto Costa são as lesões dos defesas Lemos e José António, dois jogadores que assumem um papel preponderante no habitual esquema táctico da equipa da Póvoa.

O Varzim tem trabalhado em Ofir, local escolhido pelos responsáveis poveiros para os treinos da equipa, uma vez que o relvado do seu estádio está em bastante mau estado.

Recorde-se que para chegar até aqui, a formação da Póvoa teve um calendário bastante complicado, defrontando duas equipas da II Liga e uma da SuperLiga. Em casa, os varzinistas receberam o Felgueiras (2-0, ap) e o Farense (4-1), tendo conseguido um triunfo precioso no estádio do Restelo, derrotando o Belenenses por 4-3.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)