Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

José Mourinho cala críticos

José Mourinho, que deixou David Luiz e Mata na bancada, está na liderança da liga
22 de Setembro de 2013 às 01:00
Samuel Eto’o em duelo com o espanhol Amorebieta
Samuel Eto’o em duelo com o espanhol Amorebieta FOTO: dylan martinez/reuters

José Mourinho interrompeu ontem o ciclo de três derrotas consecutivas, ao ganhar ao Fulham, por 2-0, para a Liga inglesa, um resultado que permite ao Chelsea igualar o Liverpool na liderança.

Depois das derrotas com o Bayern de Munique (Supertaça europeia), com o Everton (Liga inglesa, 0-1) e Basileia (1-2 na Liga dos Campeões), José Mourinho mexeu na equipa, deixando na bancada o defesa-central brasileiro David Luiz (até então sempre titular) e o médio espanhol Juan Mata.

Os ‘blues’ voltaram a evidenciar grandes dificuldades na primeira parte para criar ocasiões de golo. Roman Abramovich (dono do clube) não escondeu o seu descontentamento pela exibição da equipa. Contudo, tudo mudou no segundo tempo, com os golos de Oscar (52’) – grande responsável por tirar Mata da equipa – e do nigeriano Obi Mikel (84’), o suficiente para o Chelsea passar a somar dez pontos, os mesmos que o Liverpool contabiliza.

Mais, Obi Mikel somou o seu primeiro golo ao serviço dos ‘blues’ em 185 jogos na Premier League. O nigeriano chegou ao Chelsea em 2006/07.

Já o Liverpool somou ontem a primeira derrota, ao perder com o Southampton por 0-1 (golo do croata Dejan Lovren aos 53 minutos). José Fonte foi titular.

Hoje, o destaque vai para o dérbi de Manchester, que coloca frente a frente o City e o United às 16h00. 

josé mourinho chelsea inglaterra críticos futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)