Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

JOSÉ MOURINHO PEDE '90 MINUTOS DE PAIXÃO'

O técnico José Mourinho pediu ontem "90 minutos de paixão e apoio" aos adeptos do FC Porto e exprimiu o desejo de que a partida das Antas, cuja lotação ficou ontem esgotada, tenha qualidade: “Gostaria muito que fosse um grande jogo, um jogo que enchesse as medidas a todos os portugueses e os fizesse acreditar que vale a pena vir ao futebol".
19 de Outubro de 2002 às 00:00
O treinador ainda não sabe se poderá contar com Jankauskas, tendo revelado que "se o Edgaras ficar de fora do clássico, jogará o Hélder Postiga".

Num breve depoimento na página do FC Porto na internet, José Mourinho explicou que só hoje saberá se Jankauskas estará apto. Mas avisa que "quem estiver praticamente apto, jamais jogará. A questão é simples: ou pode competir sem restrições ou não compete".

O técnico azul-e-branco não se coibiu mesmo de elogiar Postiga, o possível substituto de Jankauskas: “Possui um grande talento. Motivado e responsabilizado tem legitimidade e qualidade para ser titular na nossa equipa".

Ainda nesta abordagem ao jogo de amanhã, José Mourinho tocou no recente regresso de Vítor Baía depois da suspensão, explicando que "foi bom para o atleta, bom para o treinador e bom para o clube". Contudo, o técnico dos ‘dragões’ já deixou claro que o guarda-redes não será convocado para o jogo com o Benfica, apesar de sublinhar que a "confiança no seu potencial, reconhecido por todos de forma unânime, é ilimitada".

Sobre o jogo com os benfiquistas, José Mourinho deixou bem vincado que a equipa do FC Porto pretende a vitória. "Queremos muito ganhar e acreditamos com firmeza que o podemos conseguir", disse, reconhecendo também que o adversário exige respeito. De acordo com o técnico do FC Porto, "o rótulo de clássico inunda o jogo de factores aleatórios, mas as nossas motivações são fortes".

O treinador portista também não escondeu os condicionalismos com que se debateu para preparar este jogo, dada a ausência significativa de jogadores que foram emprestados às selecções. "Foi uma lástima", explicou Mourinho, reconhecendo que só nos últimos dois dias a equipa conseguiu "trabalhar de forma clarividente".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)