Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

José Mourinho pede desculpas

"Quero pedir desculpas aos adeptos do Real Madrid, e só a eles, pela minha atitude no último jogo", disse ontem José Mourinho sobre os incidentes com Tito Vilanova, adjunto do Barcelona, no jogo da segunda-mão da Supertaça (vitória 3-2 do Barça).
24 de Agosto de 2011 às 00:30
José Mourinho agrediu o adjunto do Barcelona Tito Vilanova no final do jogo da Supertaça na Catalunha
José Mourinho agrediu o adjunto do Barcelona Tito Vilanova no final do jogo da Supertaça na Catalunha FOTO: Albert Olive/Epa

A atitude do treinador português [agressão a Tito Vilanova] vai ser alvo de um inquérito por parte da Comissão de Competições em Espanha .

Mourinho negou ainda que tenha manifestado o desejo de sair do Real, após terem sido atribuídas declarações a Eládio Paramés, porta-voz do técnico, nas quais ‘El Speciale' não sentia apoio da direcção ‘merengue'. "Só quem não me conhece pode sonhar, inventar ou acreditar que podia sair", revelou.

Eládio Paramés também negou que tivesse feito tais declarações por SMS: "são absolutamente falsas".

"Quando chegámos a Espanha comprei um telemóvel pré-pago e utilizei-o durante 2 meses. Parece que alguém está a usar esse número, mas há quase um ano que não o tenho", justificou o assessor do treinador português.

MOURINHO REAL MADRID TREINADOR BARCELONA SUPERTAÇA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)