Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Juan Chela arrasa herói australiano

A Austrália e a Argentina têm vivido uma rivalidade que transcende a esfera desportiva devido ao ‘ódio visceral’ entre Lleyton Hewitt e os tenistas das Pampas.
20 de Janeiro de 2006 às 00:00
Chela afastou Hewitt e desejou sorte ao portista Lucho Gonzalez
Chela afastou Hewitt e desejou sorte ao portista Lucho Gonzalez FOTO: d.r.
Ontem, os sul-americanos voltaram a marcar pontos nessa ‘guerra’ – e uma vez mais em solo australiano – graças ao convincente triunfo de Juan Ignacio Chela sobre o herói local por 6-4, 6-4, 6-7 e 6-2.
Dois dos episódios da animosidade latente entre Hewitt e os argentinos ocorreram na edição transacta do Open da Austrália. O primeiro foi precisamente num encontro em que Chela, farto das comemorações anti-desportivas do adversário, tentou acertar uma bola no jogador dos Antípodas e cuspiu na sua direcção; depois de vencer essa refrega face ao campeão do Estoril Open de 2004, Hewitt derrotaria David Nalbandian em mais um polémico duelo que meteu encontrões pelo meio.
A situação azedou ainda mais no compromisso da Taça Davis entre ambas as nações, com Guillermo Coria a afirmar publicamente que lhe apetecia “matar Hewitt”. A Argentina acabou por ganhar e ontem reafirmou o seu poderio em casa do ‘inimigo’; o triunfo de Chela não só vai prolongar o jejum de campeões locais no Open da Austrália desde 1976, como também forçará Hewitt a sair do ‘top’ 10 (defendia os pontos de finalista de 2005).
“Desde que vi o sorteio do quadro que estava à espera de o defrontar. A chave da vitória foi manter a cabeça fria”, afirmou Chela, que aproveitou para mandar saudações ao seu compatriota Lucho Gonzalez, futebolista do FC Porto, através do CM. “Devo jogar o Estoril Open este ano, pelo que talvez me encontre com ele em Portugal. É um grande futebolista.”
CASTA DO JAMOR EM EVIDÊNCIA
A casta de 2004 do Estoril Open esteve ontem em grande evidência. Para além da proeza do campeão masculino desse ano, Juan Ignacio Chela, a finalista Iveta Benesova protagonizou o outro destaque do dia ao derrotar a francesa Mary Pierce por 6-3 e 7-5. Pierce falha assim a terceira ronda, onde teria pela frente a regressada Martina Hingis. A tenista suíça venceu a finlandesa Emma Laine com duplo 6-1. Outras baixas inesperadas: Anna Ivanovic e Dinara Safina.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)