Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Julgamento prossegue amanhã

A segunda sessão do julgamento do processo interposto pelo Dexia Banque Internationale, do Luxemburgo, contra o antigo director-geral da SAD do Benfica e empresário de jogadores José Veiga, realiza-se amanhã no Tribunal de Cascais.
14 de Dezembro de 2006 às 00:00
José Veiga em Tribunal
José Veiga em Tribunal FOTO: Pedro Catarino
A primeira audiência, conduzida pelo Juiz Rui Penha, realizou- se na tarde de 28 de Novembro, tendo sido suspensa da parte da manhã do primeiro dia para permitir que as partes chegassem a um acordo extrajudicial, algo que não veio a ser alcançado.
A entidade bancária luxemburguesa moveu um processo cível ao ex-dirigente do Benfica por alegada dívida, o que originou o arresto de bens do empresário – a apreensão judicial de bens do suposto devedor, de forma a garantir uma eventual execução da dívida.
A 14 de Novembro, José Veiga foi surpreendido com uma providência cautelar apensa ao processo do banco centro-europeu, vendo os seus bens, entre móveis e aparelhos de alta fidelidade, arrestados por funcionários judiciais da sua casa de Birre, Cascais.
No mesmo dia, José Veiga assumiu que não tinha condições para continuar a ser o “homem forte” do futebol do Benfica e apresentou a demissão do cargo, que foi aceite pelo presidente ‘encarnado’, Luís Filipe Vieira, dois dias depois.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)