Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Juros: SAD deve 216,6 milhões

Em seis meses, a SAD suportou 6,4 milhões de euros em juros. n Inclusão da Benfica Estádio nas contas fez valor disparar em 132%.
12 de Março de 2011 às 00:00
Juros: SAD deve 216,6 milhões
Juros: SAD deve 216,6 milhões FOTO: DR

O aumento do endividamento da Benfica SAD (216,6 milhões), associado ao crescimento das taxas de juro, fez disparar o valor pago pelos encarnados à Banca. Entre Julho e Dezembro, o primeiro semestre da época 2010/2011, a Benfica SAD teve de suportar juros superiores a 6,4 milhões de euros, um valor que representa um crescimento de 132% (mais 3,65 milhões do que no mesmo período da época transacta).

A este valor, é ainda necessário acrescentar mais 2,8 milhões de euros que a SAD incluiu no item de “juros a liquidar”. Estes, explica o relatório e contas enviado à CMVM, incluem, essencialmente,  “os encargos incorridos com o empréstimo da Caixa Geral de Depósitos relacionado com o Caixa Futebol Campus, com as subscrições de papel comercial e os empréstimos intercalares”. 

O aumento dos juros pagos pelos encarnados é, em parte, explicado pela inclusão da Benfica Estádio nas contas da SAD, uma operação que fez disparar o nível de endividamento dos encarnados. Em 31 de Dezembro, a sociedade apresentou dívidas totais de 216,6 milhões de euros (entre empréstimos bancários e obrigacionistas), sendo que o passivo total era de 374,2 milhões.

Entretanto, estes valores devem crescer no curto prazo, isto porque os encarnados convocaram uma assembleia geral, que se irá realizar no dia 24 de Março, pelas 19h00, para que os accionistas autorizem “a emissão de papel comercial, ou de instrumento de dívida equiparado, até ao montante máximo de 50 milhões de euros”.

Esta operação tem em vista a  “reestruturação da dívida” da SAD, que, até ao final de 2011, tem de liquidar cerca de 90 milhões de euros do total dos empréstimos obtidos.

No documento enviado à CMVM, a SAD revela que, nos planos de amortização dos empréstimos a pagar, têm de ser liquidados, num prazo de doze meses, 53,2 milhões em “empréstimos bancários e overdrafts”, sendo que mais 36,6 milhões, relativos a “outros empréstimos”, têm de ser pagos no mesmo prazo.

PATRIC RENDEU UM MILHÃO

Em Janeiro, a Benfica SAD transferiu 50 por cento dos direitos económicos do defesa “Patric Lalau para os brasileiros do Clube Atlético Mineiro por um valor de um milhão de euros”. Os encarnados continuam, no entanto, a controlar 20 por cento dos direitos económicos do jogador.

O defesa brasileiro, de 21 anos, tem 1,72 metros e pesa 71 kg. Assinou pelo Benfica em 2009/10 e foi empresado ao Cruzeiro e ao Avaí. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)