Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Justiça surgiu nos descontos

Central brasileiro Aderlan Santos deu triunfo à equipa de Jesualdo Ferreira.
27 de Agosto de 2013 às 01:00
Colombiano Pardo tenta bater o guarda-redes do Belenenses, Matt Jones
Colombiano Pardo tenta bater o guarda-redes do Belenenses, Matt Jones FOTO: Lusa

O Sp. Braga voltou ontem a ganhar (2-1) no campeonato, depois de vencer em casa o Belenenses. Um resultado justo que podia ter sido mais confortável não fosse o desperdício dos minhotos. O central Aderlan Santos deu a vitória já nos descontos, perante uns lisboetas que voltaram a mostrar fragilidades na construção ofensiva.

O Sp. Braga entrou mais forte, com Micael a comandar e com Rafa e Pardo muito ativos nas alas. Os minhotos chegaram ao golo logo aos 19’, através de um penálti apontado por Edinho e a castigar mão na área de Fernando Ferreira. Depois do golo, os azuis do Restelo tentaram reagir, mas falta de criatividade dos avançados tornou fácil a tarefa da defesa bracarense. O Sp. Braga apostou sempre em transições rápidas e em variações de flanco constantes para conseguir criar perigo junto da baliza de Matt Jones. O jogo podia ter ficado resolvido ainda antes do intervalo, mas o internacional português Edinho não conseguiu aproveitar duas claras situações de golo, aos 29’ e aos 30’, rematando sempre ao lado da baliza.

Na segunda parte, o Belenenses entrou com vontade de mudar o rumo do jogo, mas encontrou no duplo pivô defensivo do meio--campo arsenalista, composto por Luiz Carlos e Mauro, um obstáculo demasiado difícil de ultrapassar. Aos 74’, e sem que nada o fizesse prever, Diakité, após pontapé de canto, apareceu sozinho e empatou o jogo. O Sp. Braga carregou e quando já poucos acreditavam, Aderlan, com um golpe de cabeça perfeito, fez explodir a ‘Pedreira’.

Sp. Braga Belenenses vitória Aderlan Santos Jesualdo Ferreira
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)