Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Karagounis nega saída

Karagounis desmentiu ontem declarações que lhe foram atribuídas pela imprensa greg, segundo as quais estaria interessado em deixar o Benfica no final da época para rumar ao futebol italiano.
23 de Março de 2007 às 00:00
O médio, que se encontra na Grécia ao serviço da Selecção, garante que pretende continuar na Luz. “Nunca disse que queria sair do Benfica. Estou muito contente em Portugal, estou a jogar, quero ganhar a Liga e a Taça UEFA e quero continuar no meu clube. Não há qualquer problema entre mim e o Benfica”, afirmou Karagounis, de trinta anos, que tem contrato com os encarnados até 2008. Recorde-se que os jornais gregos tinham publicado anteontem declarações de Karagounis que iam em sentido oposto. “Quero ganhar o campeonato e a UEFA mas depois vou regressar, não à Grécia, conforme têm escrito, mas sim a Itália”, teria afirmado o jogador, que alinhou duas épocas pelo Inter de Milão antes de rumar à Luz.
Por sua vez, Fabrizio Miccoli afirmou que pretende voltar a Itália no final da temporada. Ontem, Alessio Saeco, director desportivo da Juventus, clube ao qual o jogador está ligado até 2010, veio a terreiro falar sobre o tema Miccoli. O dirigente referiu que a resolução da situação está ligada à possível transferência de Luisão para a Juventus, embora o clube italiano pareça estar mais interessado ... no portista Pepe: “Pepe é ‘bravo’ e agrada-nos muito. Luisão também não é mau mas é mais faltoso. A vantagem é que com o Benfica temos a resolver a situação de Miccoli.”
Entretanto, o embate frente ao Espanhol dos quartos-de-final da Taça UEFA já começa a mexer. O treinador Ernesto Valverde e o médio Ivan de la Peña falaram ontem sobre a eliminatória com os encarnados atribuindo ambos maior dose de favoritismo ao Benfica.
“A Taça UEFA transformou-se num objectivo importante para nós, mas já se fala muito em ir à final e quero deixar claro que esta eliminatória é muito complicada e que o Benfica parte como favorito”, disse o técnico. De la Peña defendeu a mesma ideia: “Estamos entre os oito melhores mas o Benfica é favorito. Têm uma ligeira vantagem por jogarem a segunda mão em casa mas vamos dar tudo.”
CMVM APROVA EMPRÉSTIMO OBRIGACIONISTA
A Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) aprovou ontem o prospecto do empréstimo obrigacionista da SAD do Benfica. A partir de segunda-feira e até 13 de Abril os interessados já poderão adquirir as obrigações, tendo sido emitidas quatro milhões ao preço de cinco euros cada.
Refira-se que é preciso adquirir um mínimo de vinte títulos. Se a oferta for subscrita na totalidade, o Benfica encaixa vinte milhões de euros para investir na equipa de futebol.
As obrigações vão pagar um juro anual bruto de 6,2%, valor considerado acima da média pelo analista João Queiroz, da corretora LG Carregosa. “É uma taxa muito boa e bastante competitiva, se compararmos com o sector industrial, e já muito próxima das que se conseguem no sector das telecomunicações”, afirmou este especialista.
Os juros das obrigações vencer-se-ão semestralmente, com pagamento a 20 de Abril e 20 de Outubro de cada ano. O empréstimo tem uma duração de três anos, sendo o reembolso efectuado de uma só vez em 20 de Abril de 2010.
APONTAMENTOS
MICCOLI DISPENSADO
Fabrizio Miccoli foi dispensado dos treinos até segunda-feira para tratar de assuntos pessoais. Com oito jogadores ausentes nas selecções, Fernando Santos chamou para treinar os juniores Casaca, João Ferreira, Flávio, Dalibor, Patafta, Serginho e Yan. Quanto aos lesionados, Luisão só trabalhou no ginásio e Rui Costa e Quim subiram ao relvado.
ALTERAÇÃO
O jogo Beira-Mar-Benfica da 24.ª ronda da Liga sofreu nova alteração. Depois de ter sido adiado para dia 9 de Abril, às 19h15, devido ao jogo com o Espanhol, ontem a Liga informou que afinal a partida é às 20h30, com transmissão na TVI.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)