Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

KINGSLEY MORTÍFERO

Kingsley e Juninho Petrolina foram os obreiros da vitória (4-1) do Beira-Mar frente ao Paços de Ferreira. Apesar de não terem marcado, foram estes dois jogadores que desequilibraram e estiveram na origem dos golos aveirenses, perante uma equipa pacense sem velocidade e argumentos para contrariar a superioridade da equipa de António Sousa.
22 de Setembro de 2003 às 00:00
A vitória do Beira-Mar não sofre qualquer contestação e a margem de golos até podia ter sido mais dilatada. Valeram duas boas intervenções do guardião Pedro, naquela que foi a melhor exibição dos aveirenses no campeonato. Se jogasse sempre assim, o Beira-Mar seria uma das sensações da SuperLiga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)