Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Kléber matou a fome

O FC Porto fechou a época com chave de ouro, ultrapassando o Rio Ave com menos dificuldades do que seria de esperar, graças a um arranque de alto nível e a uma segunda parte de sonho do brasileiro Kléber. Os vilacondenses chegaram a provocar calafrios nos dragões, mas não conseguiram conter a gula do avançado, que fez um hat-trick no regresso à equipa titular.

13 de Maio de 2012 às 01:00
Huanderson, do Rio Ave, cai aos pés de Djalma, autor do primeiro golo do FC Porto
Huanderson, do Rio Ave, cai aos pés de Djalma, autor do primeiro golo do FC Porto FOTO: Manuel Araújo

A fase mais vistosa do FC Porto aconteceu nos primeiros 25 minutos, quando os jogadores circularam a bola em alta velocidade e deram espectáculo, quase sempre guiados por Varela, que ocupou o lugar do ‘Incrível’ Hulk na asa direita do ataque.

A equipa de Vítor Pereira colocou-se, por isso, em vantagem de forma natural: Djalma abriu o marcador com um golo de belo efeito, após um passe de James, e o colombiano marcou logo depois, assistido por Varela.

João Tomás reduziu a desvantagem vilacondense num penálti duvidoso e levou o Rio Ave a acreditar em pontos, mas logo Kléber se encarregou de desfazer a fé da casa com um hat-trick.

Pelo meio, o extremo Atsu reivindicou um lugar no FC Porto que o emprestou, marcando um golo a Bracali. Já Kléber brilhou no modo como iniciou o hat--trick – fintou o guarda-redes Huanderson antes de marcar – e no disparo forte com que fez o seu 2º golo em Vila do Conde.

P. COSTA SEGURA VÍTOR PEREIRA

Pinto da Costa disse, ontem, que "não há nenhum tabu" em torno da continuidade de Vítor Pereira. "Há um treinador com contrato. Não temos necessidade dizer que o treinador é para continuar", explicou.

Considerando "estúpida" a especulação em torno da saída do técnico, frisou que "no FC Porto cumprem-se contratos".

"EQUIPA FOI COMPETENTE"

Vítor Pereira disse que a sua equipa "foi competente" e desvalorizou o pouco tempo de jogo de Hulk. "Os objectivos colectivos estão à frente dos individuais", afirmou, frisando que o brasileiro "ainda é jogador do FC Porto". Sobre o futuro, foi claro: "Há muito tempo que preparo a nova época. A interrogação foi criada pela imprensa".

FC PORTO RIO AVE JOGO FUTEBOL LIGA
Ver comentários