Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Laser irrita Ronaldo no treino

Cristiano Ronaldo tem sido o principal alvo dos adeptos bósnios desde que a Selecção chegou a Sarajevo. No aeroporto da capital, na quarta-feira à noite, foi assobiado e ouviu gritar "Messi, Messi". Ontem, no treino, em Zenica, foi perseguido por um laser de cor verde. Irritou-se e chegou mesmo a apontar o dedo do meio em direcção à zona onde se encontrava o adepto bósnio.
11 de Novembro de 2011 às 01:00
Ronaldo chegou a apontar o dedo do meio a um adepto bósnio
Ronaldo chegou a apontar o dedo do meio a um adepto bósnio FOTO: Globalimagens

Os dirigentes da FPF queixaram-se do assédio e obrigaram as autoridades locais a agir. O bósnio não estava no estádio, mas num prédio com vista para o degradado Bilino Polje, e foi identificado pela polícia.

Além do laser, Cristiano Ronaldo também voltou a ouvir, desta vez à distância, o nome do argentino Lionel Messi, cantado por dezenas de adeptos bósnios que se juntaram também no exterior do estádio. Quanto ao treino, registe-se que os jogadores portugueses mostraram diversas preocupações em poupar a pouca relva que cobre o ‘batatal’ de Zenica. O apronto foi inclusive feito junto a uma das linhas laterais.

RONALDO SELECÇÃO TREINO BÓSNIA PLAY-OFF LASER
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)