Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Leão quase de olhos em bico

O Sporting está nos quartos-de-final da Taça de Portugal, ao vencer o Mafra, equipa do terceiro escalão (4-3) que deixou excelente imagem em Alvalade. Foi um jogo em que todos saíram a ganhar, pois o Mafra também teve o seu momento de taça, quando Zhang empatou o jogo a um golo, num bom remate à entrada da área leonina.
21 de Janeiro de 2010 às 00:30
O chileno Matias Fernandez esteve em bom plano no Sporting
O chileno Matias Fernandez esteve em bom plano no Sporting FOTO: José Sena Goulão/Lusa

Ganhou a melhor equipa. O Sporting. Não tanto pelo colectivo, mas pelas individualidades que resolveram o assunto, nomeadamente através de dois pontapés de canto que deixaram a nu as ingenuidades da equipa do Mafra, ao deixar Carriço e Saleiro cabecearem à vontade para o segundo e terceiro golos, na primeira parte, quando o jogo estava empatado.

O Sporting teve sempre a condução da partida, perante um Mafra que se recusou a estacionar um autocarro na sua área. Tentou jogar o jogo pelo jogo, valorizou a taça, mas teve falhas infantis e acabou por vender cara a derrota. Ainda assustou Alvalade.

No Sporting, Carvalhal aproveitou para dar tempo de jogo a Matías Fernandez e Yannick, que aproveitaram para marcar um golo cada – o chileno teve algumas boas aberturas e foi dos melhores do lado dos leões.

Foi um leão em versão económica que, com o avolumar do resultado, começou a ficar com o corpo em campo mas a cabeça nos jogos difíceis que se avizinham. O Mafra recusou-se a proporcionar um treino aos leões e foi um osso duro, num jogo que deu para tudo. Quase tudo, pois ainda não foi desta que Postiga marcou. Viu foi Zhang completar o hat-trick, num dos golos com um brinde de Patrício.

ANÁLISE

POSITIVO

Zhang

Marcou três golos e deixou Polga com os olhos em bico. Tem 20 anos, veio do Liaoning e cumpre o seu primeiro ano em Portugal. Merece mais do que os 500 euros/mês.

NEGATIVO

Defesa do Sporting

Deixaram um chinês desconhecido marcar três golos em Alvalade, dois deles de cabeça. Mau regresso de Polga e um ‘frango’ de Patrício.

ARBITRAGEM

Apenas um erro

Bem a assinalar penálti por falta de Juan Castro sobre Yannick. Não viu uma mão de José Inácio na área. Era penálti. Bem no golo anulado ao Mafra.

FICHA DE JOGO

Taça de Portugal - V eliminatória - 20/01/10

Estádio José Alvalade - Assistência: 12 725

SPORTING: Rui Patrício, Abel, Anderson Polga, Daniel Carriço, Grimi, Pedro Silva, Adrien, Izmailov, J. Moutinho, Matías Fernandez, Vukcevic, Saleiro, H. Postiga, Yannick Djaló.

TREINADOR: CARLOS CARVALHAL

MAFRA: Juan Castro, Éder, José Inácio, João Afonso, Joãozinho, Marco Paulo, Catchana, Élio Wilson, Ricardo Correia, Zhang, Kifuta, Emiliano Té, Yu Dabao, Bonifácio. 

TREINADOR: FILIPE MOREIRA

Golos: 1-0 Matías (14’gp), 1-1 Zhang (16’), 2-1 Carriço (35’), 3-1 Saleiro (45’), 4-1 Yannick Djaló (46’), 4-2 Zhang (83’), 4-3 Zhang (90’)

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa) 5

Disciplina: amarelos: Juan Castro (13’), Yannick Djaló (62’), Joãozinho (76’), Daniel Carriço (77’), Emiliano Té (83’)

Classificação do jogo: 7

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)