Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

LEÃO VOLTA A DESILUDIR

Um Sporting em sofrimento voltou ontem a desiludir os adeptos. Cedeu um empate em casa ante o Varzim e já não vence há três jogos, depois das derrotas frente ao Paços de Ferreira (SuperLiga) e Partizan (Taça UEFA).
23 de Setembro de 2002 às 23:50
Frente aos poveiros, Bölöni apresentou um 'onze' muito diferente daquele que perdeu com os jugoslavos. Sem Pedro Barbosa, Niculae e Paulo Bento, o treinador romeno deixou ainda Tiago no banco e apostou em Nélson. Mas a mudança não deu frutos. Em Alvalade não se viu nem colectivo, nem individualidades, mas antes uma equipa sem estilo de jogo definido e com dificuldades em desenvolver jogadas de ataque. Só os rasgos de Quaresma deram algum alento à equipa da casa.

Do outro lado, apareceu um Varzim muito bem "arrumado" por José Alberto Costa. A trocar bem a bola, uma das qualidades desta equipa, os poveiros, a jogar num 3x5x2, criaram muitas dificuldades à defesa sportinguista e tiveram momentos em que quase dominaram o 'leão'. O último reduto sportinguista voltou a mostrar que não está bem. Nos lances de bola parada, os centrais foram várias vezes batidos e o golo só não aconteceu por mero acaso.

Os nervos apoderaram-se dos 'leões' e a ponta final foi a prova disso. Aos 69 minutos, Niculae (substituiu Luís Filipe e deu maior dinâmica ao ataque) foi empurrado na área poveira por José António, quando se preparava para tocar a bola para golo. Cinco minutos depois voltou a falhar um tento quase certo ao cabecear ao lado. As coisas pioraram quando, aos 81 minutos, Rui Jorge viu o segundo amarelo e foi expulso, por algum excesso de zelo de Paulo Paraty. Niculae voltou a desperdiçar nova oportunidade de golo ao minuto noventa e o empate a zero prevaleceu em Alvalade.

Varzim

A equipa orientada por José Alberto Costa foi desinibida, principalmente na primeira parte, e podia mesmo ter surpreendido o Sporting. Os poveiros estiveram bem na defesa e mostraram que sabem trocar bem a bola.

Sporting

Sem confiança, por vezes, sem garra, os leões voltaram a desiludir os adeptos. O ataque está mal e é notória que continua a faltar uma referência na área, que não é, de certeza Kutuzov. Na segunda parte, ainda que de forma tímida, uma das claques do Sporting já gritou por Mário Jardel.

César Prates (Sporting)

“Temos que manter a cabeça bem erguida. Jardel e João Pinto? Claro que fazem falta”.

José A. Costa (Varzim)

“Perdemos dois pontos e a oportunidade de vencer em Alvalade. Falhámos na eficácia”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)