Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Lento despertar só deu empate

Dois minutos ditaram o lento acordar do leão de um pesadelo que também se construiu em pouco tempo (apenas cinco minutos). Por partes: o Sporting saiu para o intervalo a perder por 0-2, com incríveis falhas de marcação no centro da sua defesa, aliadas à forma desinteressada com que os jogadores de Alvalade abordaram os lances dos golos do Moreirense, em jogadas que nem precisaram de ser muito trabalhadas pelos minhotos e que foram bem finalizadas por Pablo Olivera (três golos aos leões em dois jogos) e Ghilas.
27 de Novembro de 2012 às 01:00
André Carrillo (centro) protege a bola de Vinicus (esq.) perante a acção de Augusto no solo
André Carrillo (centro) protege a bola de Vinicus (esq.) perante a acção de Augusto no solo FOTO: José Moreira

O Sporting da primeira parte voltou a mostrar que não tem estofo, sem conseguir forçar erros do adversário, a viver apenas de iniciativas de Carrillo (por vezes muito displicente) e de um par de bons passes de Schaars (lesionou-se antes do intervalo).

À falta de um maestro (Pranjic não se dá ao jogo), chegou a meter dó a falta de profundidade do Sporting, que em dois sopros de alma voltou ao jogo, com bons golos de Xandão e Dier, defesas com vocação ofensiva. Já os atacantes falharam, com Viola, ao poste, e Carrillo, isolado, a desperdiçarem o golo que poderia ter dado o triunfo aos leões, lisonjeiro para o que foi a história do jogo. O Moreirense foi digno.

GODINHO LOPES NO BALNEÁRIO

O presidente Godinho Lopes desceu ao balneário ao intervalo, quando os leões perdiam por 0-2. A conversa espevitou os jogadores que conseguiram empatar a partida. Vercauteren no final lamentou a falta de "frescura de alguns jogadores". "Não estou satisfeito. Faltou-nos acção em alguns momentos da 1ª parte", disse o técnico, que espera que a paragem na Liga possa "favorecer a equipa".

FICHA DE JOGO

LIGA - 10.ª Jornada

Estádio C. J. A. Freitas- Assistência: 2208

MOREIRENSE: Ricardo Ribeiro, Paulinho, Anílton Júnior, Diego Gaúcho, Augusto, Vinícius (Júlio César 51'), Filipe Gonçalves, Renatinho, Pablo Olivera (Rafel Lopes 82'), Fábio Espinho, Ghilas (Wagner 67').

Treinador: J. Casquilha

SPORTING: Rui Patrício, Eric Dier, Xandão, Rojo, Insúa (Viola 64'), Elias, Schaars (Rinaudo 44'), Pranjic, Carrillo (Labyad 90'), Capel, Wolfswinkel.

Treinador: Frank Vercauteren

Golos: 1-0 Pablo Olivera (40'), 2-0 Ghilas (45'), 2-1 Xandão (64'), 2-2 Eric Dier (65')

Figura do jogo: Paulinho, defesa, 21 anos

Árbitro: Hugo Miguel (Lisboa) NOTA 6

Disciplina: amarelos: Carillo (77'),Júlio César (79')

sporting moreirense liga futebol moreira de cónegos godinho lopes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)