Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Líder trabalhador ganha com justiça

O Lusitano, muito trabalhador e realista, venceu no difícil pelado de Santa Luzia, mantendo a liderança, num jogo em que foi claramente superior. A excelente exibição do guarda-redes David e os postes da sua baliza adiaram um triunfo que só se concretizou quando o veterano Marco Nuno saltou do banco para marcar o único golo da partida.
30 de Janeiro de 2012 às 01:00
Jogo, disputado num pelado, foi viril, mas muito correcto
Jogo, disputado num pelado, foi viril, mas muito correcto FOTO: Nuno Jesus

O encontro até começou com um susto para os vila-realenses. Num contra-ataque, bem delineado, João Jesus ficou isolado na cara de João Azul, mas atirou torto (11’).

Até ao intervalo, os forasteiros dominaram, mas a cabeçada de Edgar Rosa, em boa posição, errou o alvo (43’) e, na jogada seguinte, a ‘mancha’ de David foi mais eficaz que o remate colocado de Marco Cavaco (44’).

Os vila-realenses entraram a todo o gás na 2ª parte e, nos primeiros dez minutos, podiam ter resolvido a partida a seu favor.

A meia distância de Júlio Madeira acertou na barra e a recarga de David Bartolomeu teve o mesmo destino (48’).

Ainda antes do golo, David, com uma excelente defesa, impediu o chapéu do isolado Edgar Rosa (55’).

Então, Marco Nuno saltou do banco e, na sequência de um livre, cabeceou para a vitória.

Até final a ‘matreirice’ do líder permitiu controlar o voluntarioso adversário, para um triunfo difícil, mas justo, num jogo bem arbitrado por Fernando Macedo.

DISTRITAL ALGARVE LUSITANO SANTA LUZIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)