Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Liga pede "tratamento digno" para adeptos que vão aos estádios de futebol

Pedido chega dias após queixas do FC Porto por atrasos na entrada nos recintos.
Lusa 28 de Fevereiro de 2019 às 20:40
Estádio do Dragão
Estádio do Dragão
Estádio do Dragão
Estádio do Dragão
Estádio do Dragão
Estádio do Dragão

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) pediu esta quinta-feira que as autoridades adotem "comportamentos que asseguram o tratamento condigno dos adeptos" que vão aos estádios, dias após queixas do FC Porto por atrasos na entrada nos recintos.

Num documento assinado pela Liga e pelas 18 sociedades desportivas que compõem o primeiro escalão do futebol nacional, pode ler-se que os clubes estão "inconformados com o tratamento dedicado aos seus adeptos, que têm sido constrangidos a assistir apenas a parte de um espetáculo para que pagaram bilhete inteiro, taxado pelo escalão máximo de IVA".

Por essa razão, instaram esta quinta-feira o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, bem como o diretor nacional da PSP, Luís Farinha, e o comandante-geral da GNR, Luís Francisco Botelho Miguel, "para que ordenem a adoção de comportamentos que assegurem o tratamento condigno dos adeptos".

Segundo o comunicado, esta é um "primeiro e moderado passo conjunto das sociedades desportivas" na defesa dos seus interesses e dos adeptos, "não ficando excluída a possibilidade de uma intervenção mais assertiva" se se mantiver "o atual desrespeito pelos direitos dos adeptos".

LPFP e clubes apontam para o "assinalável esforço financeiro dos adeptos" e dos promotores dos jogos, destacando a disponibilidade das forças de segurança para apoiarem a segurança dos mesmos.

Por outro lado, o policiamento público pago pelos agentes do futebol profissional leva-os a terem "o mesmo direito e a mesma legítima expetativa da prestação de serviços públicos", pelo que consideram que os adeptos não devem perder direitos nem vê-los "limitados".

Ainda assim, consideram que "é o que vem sucedendo de forma recorrente, com o condicionamento injustificado do acesso atempado dos adeptos aos recintos desportivos".

Após a vitória por 3-0 em casa do Tondela, o FC Porto queixou-se dos atrasos que os adeptos dos 'dragões' têm enfrentado nas deslocações fora do Estádio do Dragão.

Em janeiro, o presidente do Sporting, Frederico Varandas, só entrou na tribuna do Estádio do Bonfim, para uma visita ao Vitória de Setúbal (1-1), 10 minutos depois do início do jogo, tendo prometido que só o faria após o último adepto 'leonino' ter ido para as bancadas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)