Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Lucho exorciza os ‘fantasmas’

O FC Porto conseguiu um triunfo robusto (3-0) na Choupana, carimbando a passagem aos ‘oitavos’ da Taça de Portugal. Lucho destacou-se com um golo e bom futebol, mas o ganês Atsu também brilhou, com duas assistências, num jogo pouco aguerrido da parte dos insulares.
18 de Novembro de 2012 às 01:00
O portista Castro tenta acompanhar Claudemir, do Nacional da Madeira
O portista Castro tenta acompanhar Claudemir, do Nacional da Madeira FOTO: Homem de Gouveia/Lusa

O triunfo sobre o Nacional permite a Vítor Pereira exorcizar o incómodo fantasma da Académica, a equipa que eliminou o FC Porto na época passada, precisamente na 4ª eliminatória. O treinador conquistou o direito de se juntar aos rivais Benfica e Sp. Braga na fase seguinte da prova, mas não se livrou de alguns nervos na partida, por causa dos desperdícios de Kléber e da passividade do argentino Iturbe, que permitiu alguns contra-ataques perigosos da equipa da casa.

Foi a inspiração de Lucho e de Christian Atsu e também a autoridade de Otamendi que justificaram a superioridade portista na partida e a consequente goleada. Aliás, se Lucho brilhou na forma como abriu o marcador, com um golaço de pé esquerdo, o ganês, que pôs sempre prego a fundo nos corredores, baralhando os defesas do Nacional, ajudou a construir o golo do argentino, na primeira parte, e ainda o tento de Mangala, na etapa complementar.

Kléber sentenciou o jogo nos instantes finais, a passe de João Moutinho, que tinha saltado do banco de suplentes. Foi o único momento em que o avançado brasileiro mostrou confiança, pois passou pelo guarda-redes Vladan antes de rematar com intenção à baliza.

"JOGADORES CANSADOS"

"Os jogadores que vieram das selecções apresentaram-se muito cansados. Tivemos que fazer a gestão da melhor maneira", disse Vítor Pereira. Ainda assim, o técnico portista não poupou elogios aos jogadores que substituíram no onze alguns dos habituais titulares. "Parabéns aos meus jogadores. Todo o plantel está unido emocionalmente", frisou.

O capitão Lucho González salientou "o bom jogo" dos dragões e deixou um desejo na prova: "Queremos ir à final."

TAÇA DE PORTUGAL NACIONAL DA MADEIRA DERROTA VITÓRIA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)