Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Luís Figo rei das arábias

Luís Figo vai deixar o Inter para rumar à Arábia Saudita. O jogador português, actualmente com 34 anos, tem já um acordo com a equipa do Al Ittihad por um ano e meio, devendo receber um valor de seis milhões de euros pelos primeiros seis meses de contrato, estando ainda por acertar a restante verba. A confirmar-se este valor, o atleta passará a ser o jogador mais bem pago do Mundo. Diga-se ainda que, se cumprir o contrato na íntegra, Figo estará com 36 anos quando esta aventura chegar ao fim, pelo que parece muito pouco provável que venha a cumprir o sonho de muitos adeptos do Sporting de o ver terminar em Alvalade.
29 de Dezembro de 2006 às 00:00
Luís Figo não terá resistido aos petrodólares e deve acabar carreira na Arábia Saudita
Luís Figo não terá resistido aos petrodólares e deve acabar carreira na Arábia Saudita FOTO: Epa
Em Itália, a notícia caiu que nem uma bomba. Massimo Moratti, presidente do Inter, já fez saber que vai procurar por todos os meios convencer Luís Figo a continuar com a camisola ‘nerazzurra’. O responsável máximo da formação milanesa revelou ainda que vai mesmo apresentar uma proposta de renovação ao jogador, para que prolongue o seu contrato por mais uma época (até Junho de 2008, com mais um ano de opção).
No entanto, e embora a perspectiva de permanecer num campeonato de renome como o italiano seja tentadora, Luís Figo conta com um forte opositor no clube. Nem mais nem menos do que o técnico Roberto Mancini, que já mostrou que o português não figura entre as suas primeiras opções.
Coloca-se pois um dilema ao extremo luso: continuar em Itália, sabendo que será sempre opção de banco, ou rumar para a Arábia Saudita, onde a competitividade não é famosa, mas onde receberá uma verdadeira fortuna. Há, no entanto, que considerar outro aspecto. A confirmar-se a saída de Figo já em Janeiro, o Inter teria sempre de ser indemnizado, algo que não parece ser muito difícil para o Al Ittihad.
Aliás, os próprios dirigentes do clube saudita já assumiram publicamente o acordo com o jogador. “É oficial. Figo vai assinar sexta-feira ou sábado, estando prevista a sua chegada a Jeddah no dia 5 de Janeiro”, afiançou Hamad Al Sanie, ‘manager’ do Al Ittihad.
Os países da península árabe têm sido um destino de eleição para muitos atletas em final de carreira. Mais do que a competição, é a oportunidade de fazer um contrato chorudo para terminar com mais alguns milhões nos bolsos. Jogadores como Guardiola, Romário, Batistuta, Bebeto, Ef-fenberg e Stoichkov são apenas alguns dos que por lá passaram.
PERFIL
Nome: Luís Filipe Madeira Caeiro Figo
Idade: 34 anos (04/11/72)
Naturalidade: Lisboa
Clube actual: Inter Milão
Onde jogou: Sporting, Barcelona e Real Madrid.
Palmarés: 1 Taça de Portugal, 2 Taças de Espanha, 1 Taça de Itália, 4 Campeonatos de Espanha, 1 Campeonato de Itália, 1 Liga dos Campeões, 1 Taça das Taças, 2 Supertaças Europeias e 1 Mundial de Clubes.
MANUEL JOSÉ PREVÊ DIFICULDADES
Manuel José assegurou que, a confirmar-se a transferência de Luís Figo para o Al Ittihad, da Arábia Saudita, o jogador iria sentir muitas dificuldades de adaptação. O técnico dos egípcios do Al-Ahly afiançou ainda que, embora seja financeiramente compensador, Figo ficaria a perder com esta decisão.
“A adaptação àquele país vai ser difícil para Luís Figo. Não podemos esquecer que se trata de um país muçulmano, com uma cultura totalmente diferente e que será certamente um choque grande para o Luís”, afirmou Manuel José em declarações à Antena 1.
O técnico português conhece bem aquela região do Mundo e o futebol praticado nos países árabes. Para Manuel José a dificuldade que Luís Figo irá enfrentar não será dentro das quatro linhas, mas fora delas. “O futebol é universal e nesse aspecto o Figo não terá qualquer problema. Já não posso dizer o mesmo do que irá acontecer fora de campo. Será um fim de carreira dourado em termos financeiros, mas em termos desportivos e sociais a situação será, acredito, bem diferente”, concluiu o treinador português.
OPINIÃO
“DESTINO NATURAL DOS PREDESTINADOS” Carlos Queiroz, Adjunto Man. United
“Parece evidente que estes quadros são opções que se vêm desenhando há algum tempo. Não me surpreende fundamentalmente por uma razão: é o destino natural dos predestinados. E não é uma situação que deva surpreender seja quem for porque assim acontece com os Pelés, os Beckenbauers, os Dungas, com todos os grandes jogadores que no final das suas carreiras têm um contributo a prestar.”
"É UM PROFISSIONAL E FEZ A SUA ESCOLHA" Manuel Fernandes, Ex-jogador Sporting
“É uma opção que o Luís tomou para dar continuidade aos últimos anos da sua carreira. Como sportinguista é claro que gostava de o ver regressar ao clube que o formou, mas o dinheiro também falou mais alto. Independentemente de ter hoje uma vida bastante estável, esta é uma oportunidade para o Luís ganhar mais algum dinheiro. É um profissional do futebol e ninguém pode levá-lo a mal se escolher jogar lá.”
"ESTIMO-O TANTO COMO OS CATALÃES" Eduardo Barroso, Adepto
“Parece-me coerente com a maneira que Figo tem de estar na vida. Já o disse várias vezes e volto a afirmar que não o queria no Sporting. Fui dos que não o aplaudiu quando veio jogar em Alvalade. Esta ganância pelo dinheiro mostra bem de que homem se trata. Aliás, basta lembrar a forma como saiu do Barcelona. Têm razão os catalães quando o chamam de ‘pesetero’ e eu, devo confessar, que estimo-o tanto como os catalães.”
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)