Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Luís Filipe Vieira em choque com derrota do Benfica

“Com um plantel destes e não conseguimos marcar”, desabafou o presidente no Jamor.
António Martins Pereira e João Pedro Óca 29 de Outubro de 2018 às 10:20
Luís Filipe Vieira (ao telefone) viu a primeira parte do jogo na tribuna presidencial
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira, presidente do clube
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira (ao telefone) viu a primeira parte do jogo na tribuna presidencial
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira, presidente do clube
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira (ao telefone) viu a primeira parte do jogo na tribuna presidencial
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira, presidente do clube
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira
Luís Filipe Vieira ficou devastado com a derrota do Benfica com o Belenenenses (2-0 no sábado) e expressou esse sentimento ainda no Jamor, sabe o CM.

O líder das águias saiu mais cedo do camarote presidencial, mas, antes de deixar a zona, cruzou-se com Vítor Santos, mais conhecido por ‘Bibi do Benfica’, e não escondeu a frustração. "Com um plantel destes e não conseguimos marcar golos. Já devia estar três ou quatro", disse o presidente ao empresário e amigo, que lhe respondeu: "Tens de resolver esse problema."

Vieira viu grande parte da segunda parte, em pé, ao lado de Rui Costa, administrador da SAD, fora da tribuna. O momento delicado que o clube da Luz atravessa está, naturalmente, a preocupar o presidente que já se tinha mostrado insatisfeito com a prestação europeia das águias.

Depois de a equipa ter complicado as contas do apuramento para os ‘oitavos’ da Champions, após a derrota com o Ajax, seguiu-se o desaire no Jamor e alguns adeptos não perdoaram os jogadores e Rui Vitória.

Sobre o futuro do treinador, o CM sabe que Vieira está em fase de reflexão, evitando exteriorizar a sua posição mesmo nos círculos próximos, perante as críticas dos benfiquistas e as pressões de elementos da estrutura que entendem que o tempo de Vitória se está a esgotar.

Vitória com testes de fogo
Rui Vitória vive uma fase conturbada no comando técnico do Benfica e os próximos jogos poderão ser decisivos para ditar o seu futuro no clube. Os jogos que se seguem - cinco até ao final de novembro, entre Champions, Liga e Taça de Portugal - são testes de fogo ao treinador que está a ser contestado por uma considerável franja de adeptos.

Apesar de considerar que o momento é duro, o técnico mostra-se tranquilo e confiante de que dará a volta por cima. Um sentimento que é partilhado pela equipa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)