Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Luís Horta foi ouvido pela defesa de Queiroz

Luís Horta esteve na sede de Federação Portuguesa de Futebol para ser ouvido, na estratégia de defesa de Queiroz. "Estava requerida a sua presença, como uma das diligências da defesa", disse Rui Patrício, advogado de defesa do seleccionador nacional aos jornalistas.
11 de Agosto de 2010 às 00:30
Luís Horta, à esquerda na foto
Luís Horta, à esquerda na foto FOTO: Bruno Colaço

Luís Horta, director da Autoridade Nacional de Dopagem, foi contar a sua versão dos factos, insistindo na tese de que o técnico disse: "Luís Horta que vá fazer análises para a c... da mãe dele", ofensa que deixou muito abalado um dos três médicos que se deslocaram à Covilhã para fazer análises - um deles tem uma doença grave, perturbou-se e houve uma análise a um jogador que não foi validada.

Caso se confirme que Queiroz perturbou o procedimento dos médicos, o que levou a que houvesse um erro, a pena mínima será de dois anos de suspensão. A ADoP, que está sob alçada da secretaria de estado do Desporto, pode agravar a pena que o Conselho de Disciplina aplicar, apurou o CM.

Joaquim Barbosa, cirurgião vascular e amigo de Queiroz há 20 anos garantiu que o técnico é contra o doping no desporto e acrescentou. "Todo este processo é francamente estranho. Receio que possam estar a querer prejudicar Queiroz."

MADAÍL ELOGIA CELERIDADE PROCESSUAL

Gilberto Madaíl, presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) elogiou a rapidez com que decorre o processo instaurado a Carlos Queiroz: "Não posso deixar de registar e elogiar a celeridade com que decorrem as respectivas diligências", adiantou o líder federativo através de um comunicado emitido no site da FPF. Madaíl adiantou ainda: "É preciso relembrar que o seleccionador nacional está em funções, pelo que estão assegurados todos os actos e procedimentos relativos aos jogos de qualificação para o Euro’ 2012."

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)