Mails do Benfica são “crime organizado”

Luís Filipe Vieira é tratado como alvo no processo judicial.
Por Tânia Laranjo|08.11.18
A investigação relativa aos mails que envolvem o Benfica é complexa e trata-se de "crime altamente organizado". Quem o diz é o Ministério Público, que pediu um prazo maior para investigar o caso. Quer manter o segredo de justiça para que os encarnados não tenham acesso à investigação.

Para já, o processo tem apenas um arguido, o advogado Paulo Gonçalves, mas é o próprio Ministério Público que trata Luís Filipe Vieira como suspeito. Aliás, foi neste processo que houve mesmo um lapso de linguagem e Vieira foi apelidado de "arguido".

Foi erro, assumiu depois a PGR, porque a formalização do estatuto processual não aconteceu. Mas o computador do presidente do Benfica foi apreendido e foi vasculhado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!