Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Manchester United recupera e empata com Chelsea

Um guarda-redes inspirado e um árbitro infeliz permitiram ao Manchester United recuperar este domingo de uma desvantagem de três golos e empatar no terreno do Chelsea (3-3), em jogo da 24.ª jornada da Liga Inglesa.
5 de Fevereiro de 2012 às 19:23
Chicharito selou a recuperação do Manchester United num jogo em que Nani nem no banco esteve
Chicharito selou a recuperação do Manchester United num jogo em que Nani nem no banco esteve FOTO: Kerim Okten/EPA

Os 'blues', treinados pelo português André Villas-Boas e com Bosingwa e Raul Meireles a titulares, viveram um jogo de loucos em Stamford Bridge e, aos 50 minutos, venciam por 3-0, estando longe de imaginar o que vinha a seguir.

Com o United a tentar não deixar fugir a liderança - o Manchester City tinha ganho no sábado ao Fulham (3-0) -, o Chelsea apresentou-se a querer mostrar mais do que tem feito em toda a época, mantendo-se também na luta pelo acesso à Champions.

A primeira parte trouxe apenas o autogolo de Jonny Evans, após uma iniciativa de Sturridge que levou a bola a bater no defesa dos 'red devils' e a entrar na baliza à guarda do espanhol De Gea (36 minutos).

O início do segundo tempo foi frenético para o Chelsea: o espanhol Mata fez o 2-0 logo no primeiro minuto e, aos 50 minutos, foi o brasileiro David Luiz, ex-Benfica, a cabecear para as redes adversárias, beneficiando ainda de um desvio nas costas de Rio Ferdinand.

Nada fazia prever o que viria a seguir. O árbitro internacional Howard Webb mostrou estar numa tarde menos feliz e permitiu ao United, num jogo em que Nani nem no banco esteve, reduzir por Rooney, na conversão de duas grandes penalidades.

No primeiro caso, aos 58 minutos, existe um encosto por trás sobre Evra, que aproveitou bem a situação, e Rooney reduziu para 3-1, mas no segundo, aos 69 minutos, Welbeck deixou ficar o pé, sem que Ivanovic cometa falta.

 


Rooney não falhou novamente e o Manchester soube embalar à procura do terceiro, que chegaria por Chicharito Hernandez, aos 84: cruzamento de Giggs na esquerda e o mexicano livre de marcação (David Luiz estava atrasado) fez o 3-3.

Nos instantes finais, e já em período de descontos, foi o guarda-redes espanhol De Gea a 'salvar' o United. Primeiro, com uma defesa ao canto superior esquerdo da sua baliza (92 minutos), depois, a tirar por cima da barra (95'), em dois lances com selo de golo.

O empate deixou o Manchester United a dois pontos do City, que volta à liderança isolada (57 pontos), enquanto o Chelsea manteve o quarto lugar (43 pontos), mas agora com o Newcastle, que venceu o Aston Villa (2-1), a apenas um ponto.

Os 'blues' podem ainda ver o Tottenham, terceiro classificado (49 pontos), distanciar-se ainda mais, caso os 'spurs' vençam na segunda-feira na visita ao Liverpool, em Anfield Road.

Ver comentários