Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

MANUEL JOSÉ ESCONDE FUTURO

Manuel José está cada vez mais próximo de abandonar o Belenenses. O treinador, apesar de não querer levantar o véu sobre a proposta irrecusável dos egípcios do Al-Ahly, sempre adiantou que, no momento correcto, se saberá algo sobre o assunto.
22 de Novembro de 2003 às 00:00
Em conferência de imprensa, realizada ontem, que serviu de antevisão ao encontro para a quarta eliminatória da Taça de Portugal frente ao Desportivo das Aves, Manuel José não desmentiu a existência da proposta do clube africano.
“Se ouviram isso não foi de mim nem da direcção. Há coisas que têm o momento próprio para serem ditas. Se se confirmar, na altura certa se fará uma declaração nesse sentido”, explicou Manuel José, afirmando que, para já, o encontro com o Desportivo das Aves é o próximo passo: “O mais importante é o jogo da Taça”.
No entanto, quando foi questionado se este será o seu último jogo como treinador dos ‘azuis’ do Restelo, Manuel José respondeu com um enigmático “não sei”.
Certo é que, os responsáveis pelo Belenenses estão no terreno para salvaguardarem a mais do que provável saída de Manuel José. Para já, Jaime Pacheco está fora de questão, uma vez que o próprio pretende manter-se inactivo nos próximos tempos. Por isso, as horas que se seguem serão decisivas para o destino do Belenenses que continua à procura de treinador.
“NÃO VAMOS FACILITAR”
Quanto ao encontro com o Desportivo das Aves, Manuel José garante que será mais um jogo com entrega total dos seus jogadores. “Entro sempre neste tipo de competição desconfiado do adversário. Não vamos facilitar nem um pouco. Vão jogar os que estiverem em melhores condições”, assegurou o ainda técnico do Belenenses.
Ver comentários