Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

“Maradona está atento a Aimar”

"Pablo Aimar vive momentos de grande realização profissional e pessoal no Benfica e em Portugal. É um jogador fenomenal e está sempre presente no pensamento do nosso seleccionador [Maradona]."
11 de Março de 2009 às 00:30
Pablo Aimar apontou, frente à Naval (vitória 2-1), o primeiro golo com a camisola do Benfica na Liga
Pablo Aimar apontou, frente à Naval (vitória 2-1), o primeiro golo com a camisola do Benfica na Liga FOTO: Nacho Doce/Reuters

As palavras são de Fernando Molina, assessor de ‘El Pibe’ na selecção argentina, admitindo ainda "enorme satisfação" pelo actual rendimento do camisola 10 dos encarnados. "Toda a comissão técnica, Maradona incluído, tem visionado alguns dos seus jogos. É verdade que não pode estar em todo o lado, mas há jogadores que não precisam de ser avaliados ao vivo. Aimar é um deles. E Maradona está atento. Muito atento até", disse Molina ao Correio da Manhã, elogiando ainda Quique Flores. "Parece ser um técnico de elevado nível. E soube despertar o melhor Aimar dos últimos anos", acrescenta.

Para o assessor de Diego Maradona, o fraco rendimento do médio argentino, na primeira metade da temporada, nunca foi "razão para alarme" e antevê uma recta final de época ao nível do futebolista que despontou no River Plate. "Todos nós, que gostamos de futebol, temos saudades do Aimar do River. Lembram-se daquela dupla de ataque que formava com Saviola [Real Madrid] e Juan Pablo Angel [jogador que, na Europa, brilhou ao serviço do Aston Villa]?", recorda ao CM.

Contratado ao Saragoça, no início da presente temporada, por 6,5 milhões de euros, Aimar soma já 1399 minutos jogados com a camisola das águias, tendo apontado dois golos: um na Taça da Liga, frente ao Vitória de Guimarães, e o outro na jornada passada, diante da Naval, na Figueira da Foz.

FUNERAL DE ADRIANO AFONSO

O corpo do juiz-desembargador Adriano Afonso (ex-presidente da Assembleia Geral do Benfica) foi ontem cremado no Cemitério do Alto de S. João, numa cerimónia que contou com inúmeras personalidades ligadas ao futebol e ao Benfica, em particular.

Nascido em Carrazedo de Montenegro (Trás-os-Montes) há 82 anos, Adriano Afonso foi presidente da AG da Liga Portuguesa de Futebol até Setembro de 2006, ocupando igual cargo no Benfica entre 1977 e 1980, durante a presidência de José Ferreira Queimado, e entre 1987 e 1994, sob os consulados de João Santos e Jorge de Brito. "Há homens que deixam marca pelos lugares onde passam. O juiz Adriano Afonso era um deles, pelo seu exemplo, dedicação e integridade", disse Filipe Vieira, presidente do Benfica, após o falecimento do juiz.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)